Navio Polar “Almirante Maximiano” efetua lançamento de boia meteoceanográfica na Antártica

Notícias
quarta-feira, 13 Novembro, 2019
Boia meteocenográfica lançada no mar da Antártica
 
Durante a 2ª fase da 38ª Operação Antártica, em 8 de novembro, em Martins Head, na costa Sul da Ilha Rei George, ao sul das Ilhas Shetland do Sul, na Antártica, pesquisadores embarcados no Navio Polar “Almirante Maximiano”, representando o Projeto “Atmos”, do Instituto de Pesquisas Espaciais, efetuaram o lançamento de boia meteoceanográfica, a partir de um bote do navio.
 
Também foi construída e instalada uma torre meteorológica em terra, para comparação e cruzamento de dados, recebidos da boia que foi lançada no mar.
 
As boias meteoceanográficas são instrumentos usados para avaliação das condições do mar. Elas são instaladas no oceano e capazes de medir a altura, comprimento, período, direção, frequência e velocidade das ondas, além de outros dados. Após a medição, os dados brutos são processados e podem ser transmitidos via rádio ou antena de satélite. As boias são fixadas a uma ancora no fundo, mas deixando o cabo de ancoragem suficientemente solto para que não interfira nos movimentos da boia.
 
O objetivo do Projeto “Atmos” é avaliar a interação geo-marinho-oceano-atmosfera-ondas e suas relações com o clima da América do Sul, visando determinar as atuais e possíveis mudanças climáticas relacionadas ao Oceano Austral.
 
Bandeira de faina e torre meteorológica em Martins Head