Heróis Anônimos

De modo geral, consideramos heróis apenas aqueles que se distinguem por feitos espetaculares.

   Esquecemos, em nosso julgamento, do heroísmo do dia-a-dia, do heroísmo dos que trabalham anonimamente, com dedicação, competência e amor, ao longo de toda a vida, sem outra recompensa que a própria felicidade, cumprimento do dever, na aprovação da consciência.

   Aqueles funcionários anônimos, que freqüentaram nossas oficinas nos tempos antigos, aqueles suboficiais que guarneceram nossas lanchas de sondagem ou de balizamento desde marinheiros, homens que deixaram seu suor na constância das muitas fainas de campo, na construção de cada Carta, na transmissão de cada Aviso, no acender de cada Farol.

   Osbaldinos ou Expeditos, eles serão sempre lembrados quando, em torno da chama de nosso amor pela Hidrografia, deixarmos o coração falar, a alma reviver, a emoção brotar.