NOc Antares

Explicação da Heráldica:

ANTARES- Estrela maior da constelação de Escorpião: o campo em azul e negro representa o céu e o oceano, este em sua plenitude, da superfície ao fundo, meio ambiente em que o navio cumprirá sua missão.

 
Num pentágono formado por cabos de ouro e encimado pela a coroa naval: em campo faixado ondado de azul e negro, escorpião em ouro, tendo brocante sobre o mesmo uma estrela encarnada de oito pontas.
 
Missão:
A missão do Navio Oceanográfico “ANTARES” é “efetuar levantamentos hidroceanográficos, a fim de contribuir para o apoio à aplicação de Poder Naval e à Segurança da Navegação na área marítima de interesse para o Brasil e, ainda contribuir para a execução de projetos nacionais de pesquisas em águas jurisdicionais brasileiras e dos resultantes de compromissos internacionais”. Portanto, está capacitado para realizar levantamentos de hidrografia e de oceanografia física, química, biológica e geológica, incluindo levantamentos sísmicos.

Histórico:

Construído em 1983, no Estaleiro A/S Mejellem & Karlsen, em Bergen, Noruega, com o nome M/V “LADY HARRISON” foi lançado ao mar em 27 de novembro de 1983. Em 10 de fevereiro de 1988 foi adquirido pela Marinha do Brasil, tendo sido incorporado à Armada em 06 de junho do mesmo ano, com o nome de Navio Oceanográfico “ANTARES”. O Navio Oceanográfico “ANTARES” foi o primeiro Navio da Marinha do Brasil a ostentar este nome. Apesar disso, foi mantida a tradição de os navios subordinados à Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN) serem denominados a partir das principais estrelas e constelações conhecidas. Assim, o “ANTARES” teve vários antecessores: o “SÍRIUS”, o “CANOPUS”, o “ORION”, o “ARGUS” e o “TAURUS”. Antares, uma gigante vermelha, cerca de cem vezes maior que o Sol, é a principal e a mais brilhante estrela da Constelação de Escorpião, razão pela qual o “ANTARES” é também conhecido como “O ESCORPIÃO DOS MARES”. Primeiro Navio da Marinha do Brasil a ostentar este nome, o Navio Oceanográfico “ANTARES” foi adquirido na Inglaterra, da RACAL ENERGY RESOURCES, empresa do grupo RACAL GEOPHYSICS LIMITED. Sua aquisição foi realizada com o propósito de dar prosseguimento aos levantamentos oceanográficos e eventualmente hidrográficos da área marítima de interesse do Brasil a fim de apoiar as Operações Navais e contribuir para a Segurança da Navegação. Seu nome “ANTARES” é uma homenagem à principal estrela da Constelação do Escorpião do Hemisfério Sul, uma estrela vermelha cerca de 100 vezes maior do que o Sol e que a muitos e muitos anos vem servindo de orientação aos navegantes do Hemisfério Austral na obtenção de posições no mar. Construído em 1983, no Estaleiro A/S Mjellem & Karlsen, em Bergen, Noruega, teve a sua quilha batida em 12 de março de 1983, tendo sido lançado ao mar em 27 de novembro do mesmo ano. Tendo realizado as provas de mar durante o primeiro semestre de 1984, entrou em operação no segundo semestre de 1984. Classificado como Navio de Pesquisa Sísmica recebeu o nome de M/V “LADY HARRISON” e entre os anos de 1984 e 1986 efetuou levantamentos de pesquisa sísmica na área do Mar do Norte, Mar Báltico e Mar Mediterrâneo, quando em 16 de setembro de1986 foi colocado à venda. Com o contrato de aquisição assinado em 10 de fevereiro de 1988 entre a Marinha do Brasil e a RACAL GEOPHYSICS LIMITED, o Navio foi oficialmente entregue em 4 de março de 1988, no porto de Immingham, Inglaterra. Sua viagem para o Brasil começou em 30 de março de 1988 e terminou no Rio de Janeiro em 25 de abril de 1988, após ter feito escalas em Las Palmas nas Ilhas Canárias e Salvador no Estado da Bahia. Incorporação Por meio da Portaria nº 0483 de 31 de maio de 1988 do Ministro da Marinha o Navio foi incorporado à Armada. A Ordem do Dia nº 001 de 6 de junho de 1988 do Chefe do Estado-Maior da Armada procedeu com a Mostra de Armamento do Navio.

Nomes dos Comandantes: CF LUIZ ALBERTO MARINS NASCIMENTO

                                          CF VANDERLEI VERISSÍMO DE ALMEIDA
                                          CF LUIZ ABELARDO DE ARÊA LEÃO VILLABOIM
                                          CF CARLOS SALES TAVARES DE ALMEIDA
                                          CF ROBERTO FIGUEIRA CARVALHO
                                          CF JACINTO FERNANDEZ OTERO
                                          CF REINALDO ANTÔNIO FERREIRA DE LIMA
                                          CF FERNANDO ALBERTO GOMES DA COSTA
                                          CF ANTONIO FERNANDO GARCEZ FARIA
                                          CF AMAURY POYARES ROCHA
                                          CF LUIZ CLAUDIO TEIXEIRA PALHOTA
                                          CF RODRIGO DE SOUZA OBINO
                                          CF HELBER CARVALHO MACEDO
                                          CF MARCUS VINICIUS ALMEIDA SILVEIRA
                                          CF JAIRO GERALDO GOMES JUNIOR
                                          CF CESAR REINERT BULHÕES DE MORAIS
                                          CF FERNANDO JOSÉ MORAES MONTEIRO (ATUAL)