Marinha do Brasil lamenta morte do General Freitas Diniz

Em nota, a Capitania afirma que o General Freitas Diniz sempre teve interesse pelos assuntos ligados a história naval do Brasil e contribuiu para o desenvolvimento da mentalidade marítima do Piauí.
Davi Fernandes

Nesta terça-feira (12), a Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Piauí lamentou a morte do General de Brigada reformado, Antônio Lisboa de Freitas Diniz, que morreu aos 102 anos, em Parnaíba.

Por meio de nota, a Capitania afirma que o General Freitas Diniz sempre teve interesse pelos assuntos ligados a história naval do Brasil e contribuiu para o desenvolvimento da mentalidade marítima do Piauí.

O prefeito de Parnaíba, “Mão Santa”, também lamentou a morte do general e declarou luto de três dias afirmando que o “exército brasileiro e o Brasil perderam um grande homem, com uma vida de exemplos valorosos de cidadania e de respeito ao próximo”.

Confira nota na íntegra

A Marinha do Brasil, representada pela Capitania dos Portos do Piauí, externa nota de pêsames à família enlutada do Soamarino-Mor, General de Brigada (Reformado), Senhor Antônio Lisboa de Freitas Diniz, em razão do seu falecimento.

A Capitania dos Portos, na pessoa do Capitão dos Portos o Capitão de Fragata Benjamin Dante Rodrigues Duarte Lima, vem em público externar Nota de Pêsames aos familiares, neste momento de tristeza e dor. Se solidariza com todos e registra que o General Diniz, na então condição de membro da Sociedade Amigos da Marinha – SOAMAR-PI, sempre demonstrou interesse extremo por assuntos ligados ao Poder Naval, ao Poder Marítimo e a História Naval do Brasil, contribuindo sobremaneira para o desenvolvimento de uma Mentalidade Marítima no Estado do Piauí, com grande espírito Marinheiro.

Sua falta representará uma perda imensurável para o município de Parnaíba e ao Piauí.