Orientações de Conduta Ética para os profissionais da Marinha Mercante

A atividade embarcada exige dos homens e mulheres muito mais do que a desenvolvida em terra. O profissional do mar precisa ter sempre presente em suas condutas a consciência moral e ética, de acordo com os padrões vigentes e incorporados às regras eleitas e necessárias para a prática de ações e comportamentos que servirão de parâmetros positivos para a atuação profissional pautada, não só pelo conhecimento profissional, mas também pelas virtudes.

Com essa visão, buscou-se sintetizar em um compêndio, o que se espera desses profissionais.

Assim, a Marinha do Brasil disponibiliza um livreto que contém as “Orientações de Conduta Ética para os profissionais da Marinha Mercante”, recentemente elaborado pela Diretoria de Portos e Costas.

Estas orientações contaram com a participação de diversos segmentos da comunidade marítima e têm por objetivo “contribuir na preparação dos futuros Profissionais do Mar nos diversos cursos de formação”. Destaca-se, ainda, que elas retratam, de certa forma, o que a Autoridade Marítima Brasileira (AMB) espera dos Aquaviários.

Assim, esperamos que essas orientações sejam muitos úteis e que possam contribuir para a excelência na carreira dos Aquaviários.