Operação Travessia Segura 2018

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: playsinline em file_entity_field_formatter_view() (linha 511 de /var/www/www3/sites/all/modules/file_entity/file_entity.field.inc).

Para garantir e prevenir acidentes, aumentando a Segurança da Navegação, a Marinha do Brasil realiza entre os dias 15 e 31 de janeiro a subcampanha Travessia Segura dentro da Operação Verão 2018. A Capitania dos Portos do Amapá passa a intensificar neste período ações de inspeção nas embarcações de passageiros e turismo náutico, orientando passageiros, condutores e a tripulação, verificando o cumprimento de obrigatoriedades como uso e conservação de coletes salva-vidas, boias salva-vidas, respeito ao limite de lotação máxima, entre outras ações que fortaleçam a cultura da Segurança da Navegação.

O trasporte fluvial de passageiros no estado do Amapá é parte integrante do modo de vida do cidadão amapaense e concentra o maior fluxo de pessoas em transito no Estado e aumenta muito em períodos de férias e feriados prolongados. Desta forma a CPAP orienta e fiscaliza essas embarcações no âmbito do cumprimento de regras das Normas da Autoridade Marítima e conscientizando a população que é seu dever também garantir sua segurança.

DICAS IMPORTANTES PARA UMA TRAVESSIA SEGURA

  1. Toda embarcação tem um limite de passageiros para que navegue com segurança. Uma placa obrigatória no convés principal deve mostrar esse número.

  2. O colete salva-vidas é obrigatório. Deve estar em local de fácil acesso e em bom estado de conservação e deve estar em número de um para cada passageiro sendo adulto ou criança.

  3. Pessoas e cargas devem estar em locais diferentes da embarcação.

  4. Cuidado com a distribuição de peso a bordo. Passageiros não devem ficar no mesmo lado e o comandante deve estar atento ao armazenamento de carga no convés.

  5. Condutor e tripulação devem ser habilitados pela Marinha do Brasil.

  6. Toda embarcação deve garantir o bom funcionamento de seus equipamentos de navegação, motores, do sistema de governo e do seus recursos de combate a incêndio.

  7. O comandante ou condutor deve verificar o estado geral da embarcação e as condições de estabilidade antes de prosseguir viagem.

  8. O comandante ou proprietário deve manter sua tripulação treinada para situações de emergência, para demostrar uso dos equipamento de segurança como uso do coletes salva-vidas e saídas de emergência. As instruções de uso devem ser repassadas ao passageiros antes de inciar qualquer viagem.

  9. O comandante ou condutor é responsável por respeitar o limite máximo de passageiro e carga e deve fiscalizar o embarque dos mesmos.

  10. O passageiro deve estar atento quanto a seus direitos e deveres.