Heráldica

DESCRIÇÃO

          Num escudo boleado, encimado pela coroa naval, em campo de verde, âncora de ouro carregada de dextrochedo do mesmo metal, movente do flanco da sinistra e empunhando pendão farpado de quatro pontas, de prata, com a Cruz de Cristo, içado em haste também de prata, lanceado em acha d'armas; em contrachefe, faixado ondado de prata. Pendente do distintivo, a insígnia da Ordem do Mérito Naval.

 

EXPLICAÇÃO

          MATO GROSSO - Estado do Brasil, que recebeu o topônimo dado, no início do povoamento, às terras ribeirinhas dos afluentes do Alto Paraguai, cobertas de espessas florestas. No campo de verde, que a elas se reporta, o faixado ondado simboliza o Rio Paraguai, e as demais vias fluvias onde opera precipuamente a Flotilha, lembrada esta pela âncora de ouro; o dextrochero e o pendão hasteado, recordando, como atributos de seu brasão, o grande Estado da Federação aludem à Flotilha que lhe tem o nome. A insígnia pendente do distintivo foi a este anexada em decorrência do decreto do Presidente da República Federativa do Brasil de 8 de novembro de 1978.