Policlínica Naval de Manaus realiza etapa de vacinação em militares e na Família Naval contra o vírus influenza/H1N1

É preciso imunizar todos os anos contra o vírus

 

      Promover a saúde individual e coletiva das Organizações Militares subordinadas ao Comando do 9º Distrito Naval e da Família Naval é uma das principais metas da Policlínica Naval de Manaus (PNMa). Por isso, no primeiro semestre de 2020, está sendo realizada uma Campanha de Vacinação contra o vírus influenza/H1N1, conforme o calendário de Vacinação do Ministério da Saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (AM).

      Um cronograma de vacinação foi estruturado pela PMNa, onde, na primeira etapa, foram atendidos militares da área de saúde, que estão na linha de frente do combate à COVID-19, totalizando 90 profissionais vacinados. A segunda fase, engloba todos os militares, dentre eles, os que atuam na Equipe de Resposta Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR), que são empregados nas ações de descontaminação e desinfecção de hospitais e locais públicos de grande acesso; os que atuam na Inspeção Naval da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental, dentre outros militares que estão a pronto emprego, 24 horas por dia.

      Também recebem a imunização, crianças de seis meses a cinco anos, pessoas com deficiência, gestantes e mães no pós-parto até 45 dias, que são dependentes dos militares.

      Essa iniciativa visa reduzir os riscos de transmissão do vírus para os militares e a Família Naval, e por consequência, promover uma melhoria da qualidade de vida. Até o dia 18 de maio, mais de 776 militares foram vacinados.

 

 

Equipe de saúde da PMNa durante a vacinação dos militares do 1º Batalhão de Operação Ribeirinhas