PROFESP incentiva a prática esportiva entre jovens atletas em Manaus

Thainá e monitores do PROFESP em Manaus

 

Fruto de sua paixão pelo jiu-jitsu, além de sua dedicação e esforço, Thainá Sâmila Souza Guimarães, de apenas 11 anos, disputará, neste final de semana (30 de junho), o Campeonato Mundial de jiu-jitsu, em São Paulo, onde buscará o lugar mais alto do pódio, entre as meninas de 12 e 13 anos, com o firme propósito de melhorar seu desempenho do ano passado, quando sagrou-se vice-campeã.

Faixa laranja de jiu-jitsu, Thainá afirma que as atividades do Programa Força no Esporte (PROFESP) do Ministério da Defesa, das quais ela participa no 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas (1ºBtlOpRib), possibilitaram uma melhor alimentação, desenvolvimento da disciplina, mais tempo de aprimoramento das técnicas de chão e, principalmente, auto-confiança para acreditar que será possível alcançar seu tão sonhado título de campeã.

O PROFESP tem como objetivo democratizar o acesso à prática esportiva e promover o desenvolvimento socio-cultural de crianças e adolescentes que residem em áreas de vulnerabilidade social, oferecendo atividades esportivas, educacionais, de lazer e práticas complementares.

No Amazonas,  a Marinha do Brasil, por meio do Comando do 9º Distrito Naval, possui três núcleos em atividade, atendendo a um total de 300 crianças e adolescentes, compreendidas na faixa etária de 10 a 15 anos, de ambos os sexos. Dois destes núcleos são coordenados pelo 1ºBtlOpRib e o terceiro, pelo 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3).