Navio de Assistência Hospitalar “Doutor Montenegro” retorna a Manaus após conclusão da Operação Acre 2024

Enfermeira da Marinha do Brasil reencontra filho após quatro meses a bordo do NAsH “Doutor Montenegro” (Foto: 2°SG-MR Gustavo)

 

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro”, da Marinha do Brasil, retornou a Manaus nesta sexta-feira, 17 de maio, marcando o encerramento da Operação Acre 2024. A tripulação do navio navegou por mais de quatro meses prestando assistência básica de saúde a comunidades indígenas e ribeirinhas às margens do Rio Juruá, totalizando 66 localidades atendidas nos Estados do Acre e Amazonas.

Realizada entre os dias 10 de janeiro e 17 de maio, a Operação Acre 2024 alcançou a marca de 114.300 procedimentos de saúde ofertados. Dentre eles, serviços odontológicos, como consultas, extração, limpeza e obturação, serviços de enfermagem incluindo aferição de pressão, exame de glicemia e testes rápidos de Infecções Sexualmente Transmissíveis, além de consultas médicas, exames clínicos e laboratoriais, exames de mamografia, raio-x, ultrassom, pré-natal e palestras educativas.

O número de medicamentos distribuídos nas comunidades chegou a 647.075. O NAsH “Doutor Montenegro”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas, realizou a Ação de Assistência Hospitalar com uma tripulação de 84 militares, incluindo a equipe de saúde composta por médicos, cirurgiões-dentistas, farmacêuticos bioquímicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia médica, técnicos em higiene dental e técnico laboratorial.

A Operação Acre é realizada todos os anos pela Marinha do Brasil, por meio do Comando do 9º Distrito Naval, chegando a sua 24ª edição neste ano, a partir de um convênio firmado entre o Estado do Acre, a Força Naval e o Ministério da Saúde.

Navio atracou na Estação Naval do Rio Negro no dia 17 de maio (Foto: MN-RM2 França)