Marinha do Brasil ganha espaço para exposição no Bioparque Pantanal

Estande conta com acervo histórico e divulgação de como ingressar na MB

 

 

    Estande conta com acervo histórico e divulgação de como ingressar na MB A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), está no Bioparque Pantanal, maior aquário de água doce do mundo, com acervo de peças históricas, mostruário de itens utilizados nas fainas marinheiras e orientações de como ingressar na MB.

    A exposição no aquário começou no dia 26 de julho e visa promover a cooperação e o intercâmbio técnico, educacional e cultural entre a MB e o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da divulgação e do fomento às mentalidades marítima e fluvial.

    O Bioparque Pantanal abre para visitação de terça a sábado e feriados e recebe, em média, 1.500 visitantes por dia. Na quarta-feira (26), cerca de 1.900 pessoas, entre crianças, adultos e idosos, visitaram o aquário, passaram pela exposição da MB e tiveram a oportunidade de conhecer o acervo e esclarecer dúvidas sobre os processos seletivos da Força.

    Maria Fernanda Besletieri, Diretora-Geral do Bioparque Pantanal, destaca a relevância do acervo. “A exposição enriquece a visita ao empreendimento, pois permite ao público uma conexão direta à riqueza cultural e tecnológica das embarcações que marcaram época, a relevância de suas conquistas e desafios enfrentados, a compreensão do papel fundamental da Marinha na segurança e preservação dos rios e mares, além de ampliar ao público o acesso a informações sobre esses esforços por meio da popularização da ciência”.

    No terceiro dia da exposição (28), Márcia Mortol visitou com os dois filhos, moradores de Água Clara-MS, o aquário e o estande da MB e ficou feliz de poder entender melhor as formas de ingresso. “Sempre acompanhei pela internet, minha filha está prestes a entrar na faculdade e desde o Ensino Médio ela comenta sobre as Forças Armadas, então quando vi o militar da Marinha aqui de uniforme, fiquei interessada em saber como, de fato, funciona”.

 

 

O aquário recebe, em média, 1500 pessoas por dia