Indígena Karajá é selecionado para servir na Marinha do Brasil

Jovem Wouria Karajá com o pai e o Capitão-Tenente (AA) Jaecy Fonseca de Medeiros

 

    Pela primeira vez, um indígena Karajá foi selecionado para servir na Agência Fluvial de São Félix do Araguaia (AgSFAraguaia). O jovem Wouria Karajá, da Aldeia Fontoura, iniciou, no dia 1º de março, o Curso de Formação de Marinheiro Recruta do Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN). Após, o militar servirá na AgSFAraguaia, Organização Militar subordinada à Capitania Fluvial de Mato Grosso (CFMT).

    O processo de seleção, realizado de 13 a 16 de outubro de 2020, reuniu 32 jovens da região Norte Araguaia para prestação do Serviço Militar Obrigatório (SMO) em 2021.

    A presença de militares de origem indígena é uma importante troca de experiências entre a Marinha do Brasil e as comunidades ribeirinhas e indígenas da região, pois contribui fortemente para a atuação da Força nessas localidades. Primeiro em função do profundo conhecimento do ambiente operacional dos indígenas, depois, porque a Marinha se torna, para essas comunidades, a materialização do Estado Brasileiro, por meio dos serviços de saúde, educação e cidadania.