Comando do 6° Distrito Naval apoia distribuição de alimentos em prol dos animais do Pantanal

Viaturas percorrem rodovia para abastecer recipientes com água

 

 

     Os animais silvestres do bioma Pantanal mato-grossense, que também sofrem com a pior seca dos últimos 50 anos, contam, desde a última sexta-feira (25), com o apoio da Força-Tarefa que combate os focos de incêndio na região, de forma a mitigar as dificuldades enfrentadas neste período.

     O trabalho está sendo realizado em conjunto com o Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD), que mobilizou quatro Médicos Veterinários, três Bombeiros Civis, sete Auxiliares Médicos Veterinários, três camionetes, além de medicamentos e equipamentos médicos veterinários.

     Viaturas e equipes do Corpo de Bombeiros do MT e das Forças Armadas percorrem, diariamente, cerca de 270km ao longo da Rodovia Transpantaneira, do trecho de Porto Jofre a Pixaim-MT. Embarcações da Marinha do Brasil (MB) atuam nas margens do Rio Cuiabá, fornecendo água e alimentos, a fim de contribuir para a sobrevivência dos espécimes ameaçados.

    Com apoio da aeronave UH-15 da MB, uma médica veterinária do Posto de Atendimento Emergencial a Animais Silvestres (PAEAS) do Pantanal e integrantes do GRAD sobrevoaram o Parque Estadual Encontro das Águas e outros locais mais afastados do eixo da rodovia para georreferenciar pontos estratégicos de distribuição de alimentos. A aeronave também deslocou equipes e materiais à regiões mais interiores ao longo da rodovia, em apoio à manutenção da variedade genética dos animais da região.

     Em sua atuação, o GRAD já disponibilizou 78 pontos de alimentação ao longo da rodovia. Com a operação, serão acrescidos dez pontos em regiões paralelas a via, em uma distância de dez a vinte quilômetros do eixo principal.