SOAMAR Ladário-Corumbá e Com6ºDN promovem 1º Encontro Educação e Civismo no Pantanal, reunindo cerca de 400 estudantes

Estudantes do 6º ao 9º ano apresentaram projetos sobre meio ambiente
Cerca de 400 alunos do Ensino Fundamental da rede pública e privada de Ladário e Corumbá participaram, na tarde do dia 12 de novembro, do 1º Encontro do Programa Educação e Civismo no Pantanal (EduCiPan), como parte dos eventos alusivos aos 40 anos da Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR). O evento foi promovido pelo Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN) e SOAMAR LADÁRIO-CORUMBÁ, no Anfiteatro Salomão Baruki, em Corumbá-MS. A abertura contou com a presença do Comandante do 6º DN, Contra-Almirante Carlos Eduardo Horta Arentz, da Presidente da SOAMAR LADÁRIO-CORUMBÁ, Professora Terezinha Baruki, do Prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, além de representantes das Secretarias de Educação, Fundação de Meio Ambiente, e autoridades locais. “O Encontro é um evento que reúne aqueles que serão o futuro do nosso país, que são esses jovens estudantes. Esse projeto da SOAMAR, entidade que está completando 40 anos neste ano, reforça a educação, o civismo e a preservação do Pantanal. É um encontro que traz um pensamento de valorização de um dos principais biomas do continente, que é o Pantanal, e que faz parte das nossas vidas. Que nós aprendamos e fomentemos a capacidade de cuidar do faz parte da nossa pátria”, ressaltou o C Alte Arentz na abertura do evento. Foram apresentados, ao todo, 17 projetos com o tema meio ambiente, desenvolvidos pelos estudantes do 6º ao 9º, ao longo do ano. A estudante Mirian da Silva Santos, de 18 anos, estuda o 9º ano na Escola Municipal Rural Paiolzinho e apresentou um projeto sobre o uso de ervas medicinais nativas. “Juntamente do professor, nossa classe visitou a reserva ao redor da escola e coletamos plantas para análise. Na escola, nós estudamos e catalogamos para que elas servem e como devem ser usadas. Estou muito feliz de representar meus colegas e a região onde eu nasci e cresci. Eu acho as apresentações muito importantes para mostrar que a gente precisa preservar a natureza, que além de bonita, oferece muitos benefícios para todos nós”, declarou a estudante. O objetivo do Encontro foi conscientizar, por meio de palestras e debates, a importância do Pantanal e a conservação desse ecossistema, além de fomentar nas crianças e adolescentes o desenvolvimento de pesquisas científicas e torná-los idealizadores e interventores das políticas ambientais e protagonistas de uma nova consciência em relação à natureza.