Com5ºDN homenageia Almirante Abreu.

Em 13 de março, o Comando do 5º Distrito Naval (Com5ºDN) realizou, no cemitério católico da cidade do Rio Grande – RS, uma aposição floral no túmulo do herói naval, o Almirante Joaquim Francisco de Abreu.
Na solenidade, o Chefe do Estado-Maior do Com5ºDN, o Capitão de Mar e Guerra Marco Antônio Ismael Trovão de Oliveira, acompanhado pelos familiares do Almirante Abreu e do Presidente da Câmara de Vereadores de Rio Grande, vereador Flávio Maciel, efetuou uma aposição floral no túmulo do Almirante Abreu. Prestigiaram, também, a cerimônia, os jovens do Grupo de Escoteiros Almirante Abreu.
Durante a homenagem, foram prestadas honras de Vice-Almirante ao herói naval, bem como o toque de silêncio. Após a cerimônia, os familiares e os escoteiros visitaram o Panteão do Almirante Tamandaré, Patrono da Marinha do Brasil, e a sala de memória, ambos localizados no interior da área do Com5ºDN.
 
História do Almirante Abreu – Filho de Antonio Francisco dos Santos Abreu e de Perpétua da Silva Santos Abreu, o Almirante Joaquim Francisco de Abreu nasceu na cidade de São Loureço do Sul – RS, em 13 de março de 1836.
O herói naval ingressou na Marinha do Brasil em 1851, sendo sucessivamente promovido até o posto de Almirante em 20 de abril de 1893. Por decreto de julho de 1893, foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Militar.
Durante a Batalha Naval do Riachuelo; Almirante Abreu foi comandante do Belmonte, barco que sofreu intenso ataque. Mesmo com 37 rombos de artilharia no seu casco, e estando ferido, encalhou seu barco para que fossem remendados os buracos e pudesse seguir combate.
Aos 59 anos, em 14 de julho de 1895, Almirante Abreu faleceu.

Com5ºDN homenageia Almirante Abreu.