Operação Ágata Norte: drogas, armamentos, madeiras e embarcações irregulares são apreendidos no Pará e no Amapá

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined offset: 1 em counter_get_browser() (linha 70 de /var/www/www3/sites/all/modules/counter/counter.lib.inc).

Foram apreendidas embarcações transportando cerca de 500 toras e 2.500 estacas de madeira sem documentação legal

A Marinha do Brasil em conjunto com Exército, Força Aérea e 16 órgãos estaduais, federais e agências de segurança pública e ambientais, realizou, de 22 de outubro a 2 de novembro, a Operação Ágata Norte, nos estados do Pará e Amapá, onde foram realizadas ações preventivas e repressivas contra delitos transfronteiriços e ambientais, de prevenção e conscientização de combate à COVID-19 e de assistência hospitalar.

Na ocasião, o trabalho interagências resultou na apreensão de drogas, armamentos, minério, madeiras e embarcações ilegais, além de colaborar para aumentar a presença das Forças Armadas e do Estado na região amazônica, em uma área equivalente à 16,3% do território nacional, à 14,2% marítima do total, 1.160 quilômetros de litoral (15,7% do total) e 1.323 km de fronteira terrestre (8,4% do total), sendo dividida em cinco polos de atuação: Santana-Macapá-Oiapoque, Xingu-Jari, Belém-Tocantins, Estreitos e Santarém-Tapajós-Trombetas.

Durante a Ágata Norte também foram executadas atividades complementares à Operação Verde Brasil II, com emprego de 4.400 militares, e cerca de 200 meios navais, terrestres e aéreos. O Comando do 4º Distrito Naval, o Comando Militar do Norte e a Ala 9 atuaram com as unidades operativas do Comando de Operações Aeroespacial, do Comando em Chefe da Esquadra, da Força de Fuzileiros da Esquadra, da 22ª Brigada de Infantaria de Selva e dos Comandos dos 3º e 9º Distritos Navais.

Em quase duas semanas de Operação, vale destacar os resultados: mais de 2.600 embarcações abordadas durante inspeções e patrulhas navais; erradicação e incineração de três mil pés de maconha, em Ipixuna (PA); apreensão de 146 mil toneladas de manganês, em Vila do Conde (PA), de 122 pneus com nota fiscal irregular, em Óbidos (PA), e de 12 armas, 865 munições ilegais e ouro no Amapá; ações simultâneas de defesa de portos em Santarém (PA), Mirituba (PA), Macapá (AP) e Santana (AP); e apreensão de embarcações transportando cerca de 500 toras e 2.500 estacas de madeira sem documentação legal, no Pará.

Ainda pela Operação Ágata Norte, também ocorreu pela primeira vez treinamento militar envolvendo Navio da Esquadra, caças e helicópteros da Marinha e Carros Lagarta Anfíbios em ação conjunta em praia ribeirinha, em Outeiro, em Belém (PA). Já no campo social, ainda cabe ressaltar a Ação Cívico-Social, em Breves (PA), com mais de 800 atendimentos médicos e odontológicos e 23 mil medicamentos distribuídos gratuitamente.


Aeronave da Marinha do Brasil em atuação na Amazônia