Navio Patrulha “Pampeiro” interdita posto de gasolina flutuante e apreende balsas com excesso de carga

Militar do Navio Patrulha “Pampeiro” inspeciona bomba de gasolina

No dia 9 de agosto, durante uma inspeção naval, o Navio Patrulha “Pampeiro”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte (ComGptPatNavN), interditou um posto de gasolina flutuante que estava funcionando de forma irregular na cidade de Cametá-PA. O estabelecimento não possuía número de inscrição e não tinha nenhum certificado ou documento equivalente.

O mesmo navio apreendeu, no dia 15 de agosto, duas balsas com excesso de carga, transportando madeira. A apreensão ocorreu nas proximidades do Furo do Capim, na região do Marajó-PA, durante a comissão “PATNAV Tucunaré” que tem como tarefa realizar patrulha naval, inspeção naval e instalação de coberturas de eixo nas áreas do rio Pará, rio Tocantins, rio Abaeté e da Região dos Estreitos. A “PATNAV Tucunaré” contou com o apoio do Aviso Patrulha “Tucunaré”, também subordinado ao ComGptPatNavN.

O empurrador com as duas balsas transportadas foi escoltado e entregue a uma equipe de fiscalização do tráfego aquaviário da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental que tomará as medidas cabíveis quanto ao cumprimento das leis e regulamentos em ambos os casos.

Balsas com excesso de carga são apreendidas pelo Navio Patrulha “Pampeiro”