Militares alertam população para importância de sinalização náutica durante Ação Cívico-Social em Almeirim-PA

Body: 

Militar profere palestra a bordo do Navio Auxiliar “Pará”

A Ação Cívico-Social (Aciso) realizada pela Marinha do Brasil desde o dia 29 de outubro, no interior do Pará, atracou no município de Almeirim nos dias 4 e 5 de novembro, levando ações da Operação "Educação na Hidrovia I" à população do Baixo Amazonas. A Aciso seguirá ainda para Porto de Moz (de 06 a 08/11) e Breves (de 09 a 12/11).

Entre as atividades desenvolvidas ao longo da Operação, o Comando do 4º Distrito Naval (Com4DN), por meio do Centro de Hidrografia e Navegação do Norte (CHN-4), realizou palestras e aulas educativas que alertaram as pessoas para a importância dos sinais de auxílio à navegação e campanhas antivandalismo.

Em palestra na sala de aula do Navio Auxiliar Pará (NA Pará), o Suboficial Carlos Erik Duarte Melo, do CHN-4, mostrou os riscos de navegação em área sem sinalização náutica. "Os equipamentos podem demarcar locais com perigos, bancos de areia e canais. A retirada ou extravio desse material pode ocasionar sérios acidentes". Ele contou que, no ano passado, por exemplo, um navio a caminho da cidade de Ponta de Pedras encalhou em um banco de areia, justamente porque haviam retirado a sinalização do local.

Segundo o Código Penal Brasileiro, em crime de atentado contra segurança ao transporte marítimo e fluvial, o criminoso pode levar pena de dois a cinco anos de detenção ou reclusão.