Comando do 4º Distrito Naval participa da campanha Outubro Rosa

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined offset: 1 em counter_get_browser() (linha 70 de /var/www/www3/sites/all/modules/counter/counter.lib.inc).

Com iluminação rosa, o prédio do Com4ºDN incentiva a campanha

Durante todo o mês de outubro, o Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN) vai iluminar a fachada de seu prédio histórico com a cor rosa como forma de demonstrar solidariedade ao movimento “Outubro Rosa”, uma campanha de conscientização que tem como propósito alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

No dia 20 deste mês, o Hospital Naval de Belém, subordinado ao Com4ºDN, vai realizar uma ação cívico-social no Clube Albatroz, no bairro Marex, de 8h às 12h voltada para o público feminino. Vários atendimentos de saúde serão oferecidos como: consultas ginecológicas e exames preventivos, mamografia, vacinação para HPV e aferição de pressão arterial.

A programação do evento também incluirá atividades culturais e de beleza como maquiagem e cabeleireiro, palestras, coreografias e alongamento, peças teatrais, apresentação de carimbo e apresentação da Banda de Música dos Fuzileiros Navais do 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas.

Vale ressaltar que durante o ano de 2018, o mamógrafo do Navio-Auxiliar “Pará”, subordinado ao Com4ºDN, já realizou nos Estados do Pará e do Amapá, 654 procedimentos em mulheres que vivem em regiões ribeirinhas. Centenas delas passaram pela sala de atendimento e saíram tranquilas por receberem o resultado na mesma hora. Apenas duas pacientes da região do Marajó-PA foram diagnosticadas com câncer e com ajuda da Marinha conseguiram cirurgias gratuitas para remoção dos tumores.

Em Ponta de Pedras-PA, a moradora e feirante Célia, de 63 anos, passou pelo exame de mamografia, pois havia suspeita de uma anormalidade na mama direita. Com a Aciso, ela teve a oportunidade realizar o exame para obter o diagnóstico correto. “Agradeço a Deus, à Marinha pelo atendimento que recebi. Espero que volte mais vezes para ajudar a população”, disse dona Célia.