2º Batalhão de Operações Ribeirinhas realiza II Adestramento de Equipes Ribeirinhas

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined offset: 1 em counter_get_browser() (linha 70 de /var/www/www3/sites/all/modules/counter/counter.lib.inc).

Adestramento de entrada e saída de compartimentos confinados

 

O 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas (2°BtlOpRib) realizou, no período de 13 a 17 de agosto, a segunda edição do Adestramento de Equipes Ribeirinhas com propósito de manter a prontidão operativa dos militares na área de selva da Amazônia Oriental. O treinamento ocorreu no Centro de Treinamento Coronel Moraes, no município de Terra Alta-PA, e foi conduzido para os integrantes da 2ª Companhia de Fuzileiros Navais.

O exercício permitiu que todas as subunidades se mantivessem capacitadas em técnicas de combate necessárias a uma organização militar operativa do Corpo de Fuzileiros Navais.  As instruções foram direcionadas para as operações militares em área urbana com características ribeirinhas, tendo como foco: técnicas de entrada e saída de compartimentos confinados, adestramentos de comunicações, técnicas de rapel e escalada militar, defesa pessoal e maneabilidade tática com fuzil.

O Comandante do 2ºBtlOpRib, Capitão de Fragata Celio Litwak Nascimento, comentou sobre o adestramento: “As técnicas treinadas são essenciais para o desenvolvimento das ações terrestres desencadeadas em proveito de operações ribeirinhas e terrestres de caráter naval. Além da qualificação técnica dos militares, observamos o espírito de equipe, o exercício das lideranças de pequenas frações e a manutenção da prontidão operativa do Batalhão com a versatilidade do emprego da Tropa nas mais variadas situações”.

“Colocamos em prática tudo aquilo que aprendemos sobre as técnicas de combate em área de selva e ambiente urbano. As ações foram bem planejadas e executadas de modo a preservar a vida e garantir o correto emprego dos militares neste tipo de missão”, disse o monitor da equipe de instrução do 2ºBtlOpRib, Cabo Fuzileiro Naval de Engenharia Jailson Nascimento Silva.

Militares realizam adestramento de maneabilidade tática com fuzil