CISMAR recebe visita do Coordenador-Geral de Polícia de Repressão a Drogas, Armas e Facções Criminosas da Polícia Federal

O Centro Integrado de Segurança Marítima (CISMAR) recebeu, no dia 1º de julho, a visita de três delegados da Polícia Federal (PF), instituição parceira da Marinha do Brasil (MB). O encontro teve como finalidade identificar novos pontos de sinergia para o incremento da atuação integrada entre ambas as instituições, em especial no combate ao tráfico de drogas nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB).

O Coordenador-Geral de Polícia de Repressão a Drogas, Armas e Facções Criminosas (CGPRE/PF), Delegado de Polícia Federal João Luiz Caetano de Araújo, acompanhado do Chefe da Divisão de Operações de Repressão a Drogas, Delegado de Polícia Federal Luís Eduardo Melo de Castro e do Coordenador da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado, Delegado de Polícia Federal Alexsander Castro de Oliveira, foram recebidos pelo Comandante do CISMAR, Capitão de Mar e Guerra João Batista Barbosa, que os apresentou o Centro de Controle do Tráfego Marítimo (CCTRAM), seus principais sistemas de monitoramento, principalmente, o Sistema de Informações sobre o Tráfego Marítimo (SISTRAM), além de conhecerem in loco as instalações e o trabalho realizado pelo Centro Integrado.

Um dos principais temas abordados foi o incremento da cooperação entre as instituições, cujos resultados significativos recentes são fruto da atuação integrada, em prol da Segurança Marítima. Vale lembrar que o esforço da MB, na busca do desenvolvimento da Mentalidade Marítima junto aos parceiros estratégicos, estreita cada vez mais os laços entre as instituições.

Os Policiais Federais foram também recebidos pelo Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Alípio Jorge Rodrigues da Silva, pelo Chefe do Estado Maior do Comando de Operações Navais (ComOpNav), Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, e pelo Subchefe de Operações do ComOpNav, Contra-Almirante Gustavo Calero Garriga Pires.

Erro | CISMAR
O site encontrou um erro inesperado. Por favor tente mais tarde.