CIAW e ITA assinam Acordo de Cooperação Acadêmica e Técnica

Em 04 de agosto de 2017, a Ilha das Enxadas foi palco da assinatura histórica do Acordo de Cooperação Acadêmica e Técnica entre a Marinha do Brasil e o Comando da Aeronáutica, representados neste Ato, respectivamente, pelo Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW) e o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA).

O acordo celebrado é fruto da re-estruturação dos Cursos de Aperfeiçoamento Avançado (C-ApA), após dois anos de intensos trabalhos envolvendo todos os Órgãos de Direção Setorial, Diretorias Especializadas e Organizações Militares Orientadoras no intuito de não apenas promover uma sólida formação tecnológica aos Oficiais do Corpo da Armada, em nível de pós-graduação, como também fomentar o intercâmbio de informações, experiências e conhecimentos entre as Forças por meio de seus corpos docentes.

Comandante do CIAW (à esq.) e Reitor do ITA (à dir.)
assinam o Acordo de Cooperação entre as instituições

À assinatura, celebrada entre o Comandante do CIAW, Contra-Almirante Paulo Cesar Demby Corrêa, e o Reitor do ITA, o Professor Doutor Anderson Ribeiro Correia, estiveram presentes o ex-Ministro da Marinha, Almirante de Esquadra (Refº) Mauro Cesar Rodrigues Pereira; o Diretor-Geral do Pessoal da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior; o Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira; o Diretor de Ensino da Marinha, Vice-Almirante Antonio Fernando Garcez Faria; e o Vice-Diretor do DCTA, Major-Brigadeiro Engenheiro Fernando César Pereira Santos, entre outras autoridades.

Diretor-Geral do DCTA recebe do Diretor-Geral do Pessoal
da Marinha placa em celebração à parceria CIAW-ITA

A primeira turma do C-ApA será iniciada em outubro de 2017, contemplando seis áreas do conhecimento: Guerra Eletrônica; Propulsão Naval; Sistemas de Controle e Eletricidade de Navios; Segurança da Informação e Comunicações; Tecnologia Naval; e Sistemas de Armas — nesta última, parte das disciplinas serão ministradas pelo ITA e pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE).