CGCFN celebra os 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo

     Os 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha, foram lembrados pelo Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN), na tarde do dia 10 de junho, em cerimônia realizada na Fortaleza de São José da Ilha das Cobras, Centro do Rio.

     A solenidade também marcou a imposição da Medalha Mérito Militar a Oficiais e Praças por decênios de bons serviços prestados à Marinha do Brasil. Na ocasião, 23 militares receberam a medalha militar de ouro por 30 anos de serviço prestado à Marinha do Brasil, 19 militares foram agraciados com a medalha de prata por 20 anos de serviço e 45 militares receberam medalha de bronze em reconhecimento aos 10 anos de efetivo serviço.

     Durante a cerimônia, 135 militares foram promovidos, sendo 38 à graduação de Suboficial, 40 a Primeiro-Sargento e 57 a Segundo-Sargento, e tiveram suas platinas e divisas trocadas na presença de seus familiares e convidados. Em seu discurso, o Comandante-Geral do CFN, Almirante de Esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos, atribuiu a quantidade expressiva de agraciados e promovidos a uma evolução constante pela qual o Corpo de Fuzileiros Navais vem passando nos últimos tempos, e agradeceu a presença dos familiares e amigos dos militares na solenidade.

     - Esse é um dos momentos de maior alegria para o CFN, quando vemos nossos companheiros obtendo reconhecimento institucional pelo trabalho que realizam. O CFN está evoluindo e recebendo sangue novo com essas promoções. E, particularmente, gostaria de enfatizar a presença de nossos familiares e amigos. É uma honra recebê-los nesse momento! Os militares pertencentes ao CFN e aqueles que atuam conosco mesmo não sendo Fuzileiros Navais vivem do amor de suas famílias e do amor ao trabalho. Quando o reconhecimento institucional se une ao reconhecimento e à presença familiar, temos o fortalecimento de que necessitamos para continuar fazendo cada vez melhor nosso trabalho -, disse ele, conclamando uma salva de palmas para os agraciados e promovidos.

     Prestigiaram a cerimônia o Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante (FN) Paulo Martino Zuccaro; o Comandante do Material de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Jorge Armando Nery Soares; o Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Cesar Lopes Loureiro; dentre outras autoridades militares.

     Batalha Naval do Riachuelo - A Batalha Naval do Riachuelo é considerada pelos historiadores como uma batalha decisiva da Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai (1864-1870), o maior conflito militar na América do Sul, somente superado em vítimas no novo mundo pela Guerra Civil Americana (1861-1865). Para saber mais sobre a Batalha, clique AQUI e acesse o site da Marinha.