Corpo de Fuzileiros Navais assina Termo de Execução Descentralizada com Universidade Federal Fluminense

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: networks em theme_social_share_links() (linha 86 de /var/www/www3/sites/all/modules/social_share/include/social_share.theme.inc).

     A Marinha do Brasil, por meio do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN), assinou, na tarde do dia 10 de outubro, um termo de execução descentralizada com a Universidade Federal Fluminense (UFF), na sede do Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Centro do Rio.

     A parceria tem como objetivo assegurar aos Oficiais alunos que concluírem com sucesso o Curso de Aperfeiçoamento Avançado de Oficiais do CFN (C-APA-CFN) a obtenção do título de especialista em Estudos Estratégicos e Relações Internacionais, concedido pela UFF, por meio do Instituto de Estudos Estratégicos (INEST).

     O Corpo de Fuzileiros Navais iniciou no primeiro semestre deste ano as tratativas com a UFF para que parte do módulo do C-APA-CFN fosse ministrado nas instalações do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC). De acordo com o Comandante-Geral do CFN, Almirante de Esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos, a iniciativa irá resultar em uma formação cada vez melhor e mais atualizada para os Oficiais Fuzileiros Navais.

     - A Marinha do Brasil, em especial o Corpo de Fuzileiros Navais, vem investindo maciçamente na formação e na capacitação de seus militares. Dentre as diversas ações decorrentes da necessidade de modernizar o itinerário formativo dos Oficiais do Corpo de Fuzileiros Navais, uma das mais importantes é a que diz respeito à evolução do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais do CFN, o CAOCFN, para o Curso de Aperfeiçoamento Avançado de Oficiais do CFN, o C-ApA-CFN -, disse.

     O C-ApA-CFN tem seu currículo composto por um módulo operativo, baseado no CAOCFN, e outro acadêmico, que contará com três linhas de pesquisa: Estratégia e Relações Internacionais, Gestão de Sistemas Complexos e Desempenho do Combatente. A proposta contempla um currículo de 360 horas-aula, com apresentação de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) por parte dos Oficiais alunos e emissão de título de especialização em Estudos Estratégicos e Relações Internacionais por parte da UFF.

     O AE (FN) Alexandre acredita que a parceria vai proporcionar aos alunos os conhecimentos acadêmicos necessários a uma postura mais reflexiva face aos novos desafios das operações militares.

     - Tenho certeza de que esse é apenas o primeiro passo de uma longa e duradoura parceria entre o CFN e a UFF. Estou certo de que a união de esforços entre instituições tão renomadas resultará em um aprimoramento na formação de nossos Oficiais, bem como no aperfeiçoamento crescente de nossa metodologia de ensino -, ressaltou.

      Estiveram presentes à solenidade o Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais; o Almirante de Esquadra (Refº-FN) Álvaro Augusto Dias Monteiro; o Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Cesar Lopes Loureiro; o Comandante do CIASC, Contra-Almirante (FN) Carlos Chagas; o diretor do INEST da UFF, Eurico de Lima Figueiredo; e os professores do INEST, Eduardo Heleno Jesus Santos e Vagner Camilo.