Escola de Operações de Paz de Caráter Naval

Escola de Operações de Paz de Caráter Naval

School of Naval Peacekeeping

 

 

A Escola de Operações de Paz de Caráter Naval (EsOpPazNav) foi criada em agosto de 2008, por meio do Memorando nº 4 do Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN) para que fosse preenchida uma lacuna voltada para o preparo individual e coletivo em função das Operações de Paz (OpPaz) que se apresentavam (a missão no Haiti tinha se iniciado em 2004), permitindo que a Marinha do Brasil (MB) passasse a contar com um órgão capaz de “armazenar” as experiências adquiridas; organizar Estágios e Jornadas que permitissem a troca de conhecimentos que tratassem desse assunto; e representar a MB no Brasil e no exterior em eventos ligados às OpPaz, conferindo visibilidade extra-Marinha do Brasil (MB).

Como missão geral, a Escola prepara militares da Marinha do Brasil para participarem de OpPaz, quer sejam aquelas conduzidas sob a égide da Organização das Nações Unidas (ONU) ou as executadas em atendimento aos compromissos internacionais firmados pela MB, contribuindo, dessa forma, com o Setor Operativo na preparação das Tripulações dos Navios-Capitânias (Força Tarefa Marítima - FTM) e de Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav) integrantes de Contingentes de OpPaz.

A Escola de Operações de Paz de Caráter Naval, desde 2008, atua na preparação dos contingentes da Marinha do Brasil enviados para as operações de paz. Inicialmente, preparou Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav) que integraram a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Mission des Nations Unies pour la Stabilisation en Haiti - MINUSTAH) até o término da missão em 2017. Atualmente, recebe como alunos militares que compõem contingentes da Marinha do Brasil que integram a Força Interina das Nações Unidas no Líbano (United Nations Interine Force in Lebanon - UNIFIL).

Para o cumprimento de suas atribuições, a EsOpPazNav é composta de uma estrutura permanente, contando, para o desempenho de suas tarefas, com um banco de dados atualizado de instrutores, com reconhecida experiência em missões de paz, capacitados em cursos no Brasil e exterior, pertencentes a outras Organizações Militares da Marinha do Brasil, que são empregados, com elevado grau de prioridade, nas instruções e demais atividades afetas ao tema de Operações de Paz.

A EsOpPazNav, conforme mencionado, coordena as atividades de instrução de Operações de Paz. É dirigida por um Capitão de Fragata (FN) e seus Oficiais e Praças auxiliares. Conta com o efetivo de colaboradores de aproximadamente 102 Oficiais atuando como instrutores, com grande experiência em Operações de Paz.

Consoante às orientações do Comandante da Marinha, a Força Naval deve concentrar esforços visando obter maior visibilidade das atividades relacionadas às Operações de Paz, principalmente as de caráter naval, e na consolidação das experiências adquiridas. Nesse sentido, a Escola de Operações de Paz de Caráter Naval ganha destaque, determinando, inclusive, o incremento e aprimoramento de suas atividades; visando a preparar Oficiais e Praças Fuzileiros Navais, nos cursos de carreira, para emprego em Operações de Paz; e contribuindo com o Setor Operativo.

Duas vezes por ano é realizado o Estágio de Preparação de Contingentes de Tropa para Operações de Paz, tanto para cada FTM UNIFIL, quanto para cada Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais. Conduzido em cinco dias, o referido Estágio visa preparar a tripulação do navio que seguirá para o Líbano, tendo como foco os conteúdos essenciais exigidos pela ONU, referenciados no Core Pre-Deployment Training Material.

A Escola de Operação de Paz de Caráter Naval, em parceria com o Peacekeeping Operation Training Center, oferece curso online gratuito sobre Operação de Paz.

Inscreva-se aqui: https://www.peaceopstraining.org/programs/ntcelp/latin-america/npotc/