Corpo de Fuzileiros Navais é contemplado pela ABL com a Medalha Machado de Assis

     O Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) foi agraciado pela Academia Brasileira de Letras (ABL) com a Medalha Machado de Assis, na noite de quinta-feira, 19 de julho. A entrega da medalha, concedida pela primeira vez a uma instituição, ocorreu durante a cerimônia em comemoração aos 121 anos da ABL, na sede da Instituição, Centro do Rio.

     A escolha do CFN para receber a medalha, de acordo com o Presidente da ABL, Marco Lucchese, deve-se ao reconhecimento pelo cumprimento de sua missão constitucional, atrelado "à grande sensibilidade dos Fuzileiros Navais com as questões sociais".

     - Existe uma parceria muito forte entre a ABL e a Marinha, de modo particular, o Corpo de Fuzileiros Navais. E os Fuzileiros Navais estão sempre de prontidão para responder aos desafios do país, respeitando a ordem e a legalidade, e mantendo, sobretudo, um olhar social para os mais vulneráveis -, elogiou.

     O Comandante-Geral do CFN, Almirante de Esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos, agradeceu a honraria e destacou que a parceria com a ABL vem sendo um grande sucesso, por proporcionar atividades culturais para crianças de escolas públicas e incentivar o hábito da leitura e da escrita.

     - A medalha Machado de Assis é um reconhecimento da ABL pelo trabalho cultural e social que a Marinha do Brasil realiza nos diversos cantos do país. Estamos muito felizes com essa distinção. Meu desejo é que parcerias como essa se irradiem para todo o país -, salientou.

     Prestigiaram a cerimônia o Comandante do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, Contra-Almirante (FN) Carlos Chagas Vianna Braga; o Comandante do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes, Contra-Almirante (FN) Pedro Luiz Gueiros Taulois; além de crianças e jovens integrantes do Programa Forças no Esporte (PROFESP) e militares músicos da Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais.