Marinha do Brasil inaugura projeto PROFESP-NAVEGAR

     Cerca de 800 crianças e jovens participaram, no dia 28 de março, da cerimônia de abertura das atividades do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado do Rio de Janeiro e seus Municípios e do lançamento do Projeto PROFESP – NAVEGAR, no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), na Ilha do Governador-RJ.

     O evento contou com a participação do Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, Cardeal Dom Orani Tempesta; do Ministro de Estado da Defesa, Joaquim Silva e Luna; do Ministro de Estado do Desenvolvimento Social, Osmar Gasparini Terra; do Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (FN), Alexandre José Barreto de Mattos; dentre outras autoridades civis e militares.

     - O PROFESP não inaugura promessas, mas entrega resultados. Ao final de cada ano de atividade, temos a certeza de que aqueles que participaram do programa, tornam-se melhores cidadãos para a sociedade -, salientou o Ministro da Defesa em seu discurso.

     As solenidades tiveram início no auditório do CIASC, com o canto do hino nacional por um coro de crianças e adolescentes assistidos pelo PROFESP-CIASC, seguido da apresentação de uma oficina de flauta doce. A ocasião também marcou a incorporação de mais um grupo de jovens ao Programa, com a entrega de camisas, um desfile do Corpo de Alunos em continência ao Ministro de Estado da Defesa, seguido pelas representações dos diversos núcleos do PROFESP das Organizações Militares do Rio de Janeiro e uma marcante apresentação da Banda Marcial do CFN, que formou a sigla “PROFESP” no encerramento de suas evoluções.

     Em seguida, no Ginásio do CIASC, as autoridades presentes acompanharam a realização de diversas oficinas com as crianças e, no cais do CIASC, participaram do lançamento do Projeto PROFESP-NAVEGAR.

     Em seu discurso de encerramento, o Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais frisou a grande atenção que a Marinha do Brasil vem dando às ações de cidadania e inclusão social de crianças e jovens de comunidades carentes.

     - A Marinha do Brasil, por meio do Corpo de Fuzileiros Navais, irá prestar todo o apoio necessário para que esses jovens persistam na busca de seus sonhos e possam se tornar exemplos para a sociedade brasileira e para o mundo -, disse.

     O PROFESP-NAVEGAR - Viabilizado por meio de embarcações cedidas pelo Ministério do Esporte, o PROFESP-NAVEGAR possibilitará a crianças e jovens das comunidades da Ilha do Governador a prática de esportes náuticos, visando à inclusão social, à educação física de qualidade e ao estímulo da consciência ambiental. A iniciativa conta com o apoio do Instituto Rumo Náutico (Projeto Grael), fundado em 1998, além de receber apoio voluntário do velejador Lars Grael.

     Atualmente são assistidos, em todos os estados brasileiros, 24 mil jovens. Em atendimento ao Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado do Rio de Janeiro e seus Munícipios, o PROFESP incorporou 2.500 novos alunos, que, simbolicamente, iniciaram suas atividades no dia 28 de março.