Mostra sobre o Corpo de Fuzileiros Navais no AquaRio recebe 16 mil visitantes

     Cerca de 16 mil pessoas passaram pela exposição que o Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) montou no AquaRio, na zona portuária do Rio de Janeiro, entre os dias 2 e 20 de março. A mostra retratou um pouco da história dos Fuzileiros Navais por meio de quadros, painéis e objetos que revelam momentos marcantes desde 1808 até os dias de hoje.

     A exposição fez parte do calendário de eventos alusivo aos 210 anos do Corpo de Fuzileiros Navais e exibiu parte do acervo do Museu do CFN, como uniformes históricos, materiais operativos, itens que fizeram parte da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH), entre outros. No período, o público também recebeu explicações históricas sobre o CFN e pode tirar fotos com a motocicleta Harley Davidson estacionada no local.

     - A exposição despertou um grande interesse do público e, diante disso, elevou-se o nome do CFN não só na sociedade carioca, mas também entre os visitantes de outros estados e estrangeiros -, avaliou o Capitão de Corveta (T) Valdir Gouvêa Rêgo, encarregado do Museu do CFN.

     Desde 12 de junho de 2017, o AquaRio disponibiliza um espaço exclusivo para exposições sobre ações, pesquisas e projetos da Marinha do Brasil relacionados ao ambiente marinho. O Espaço da Marinha do Brasil fica no terceiro piso, ao lado da exposição dos projetos ecológicos.