Crianças e jovens do PROFESP visitam o AquaRio

     Lições de educação ambiental, olhos atentos e um passeio pelo “fundo do mar”: assim foi a manhã de 29 crianças e jovens atendidos pela Marinha do Brasil por meio do Programa Forças no Esporte (PROFESP), em visita ao AquaRio, na Zona Portuária do Rio de Janeiro, na terça-feira, 6 de fevereiro.

     A convite do Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN) e acompanhados de instrutores do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), os estudantes percorreram todo o circuito expositivo do maior aquário do Brasil, onde é possível observar uma grande variedade de peixes e corais de diversas formas e cores e ambientes recifais de todo o mundo.

     Durante o passeio, guias e educadores ambientais do AquaRio reuniram o grupo para dar explicações sobre os ecossistemas marinhos expostos no local, representando desde grandes oceanos abertos até ambientes da costa brasileira. Curiosos, os jovens ouviram atentos às explicações e fizeram diversas perguntas.

     - Os três pilares do nosso trabalho são: conservação, pesquisa e educação. Tentamos simplificar o conhecimento básico para aproximar as crianças da natureza e fazê-las sentirem vontade de colaborar com a preservação ambiental -, disse a bióloga Bruna Sus, uma das guias educacionais do AquaRio.

     O pequeno Wesley, de 10 anos, caçula do grupo, ficou encantado com o passeio, principalmente com “o túnel por onde passavam tubarões e arraias”. Morador da comunidade Kelson's, na Penha, Zona Norte do Rio, o estudante integra o PROFESP desde o ano passado. A adolescente Nathália Queiroz, de 16 anos, também adorou a manhã cultural e acrescentou que muita coisa mudou em sua vida desde que ingressou no PROFESP, aos 13.

     - Aprendo muito e hoje tenho uma visão melhor sobre o que realmente quero -, disse a integrante da equipe de remo, que pretende seguir a carreira de atleta pelas Forças Armadas.