Capitania Fluvial de Santarém-PA conclui o segundo semestre do projeto “Segurança da Navegação nas Escolas”, em Santarém.

Encerramento do projeto “Segurança da Navegação nas Escolas”

 

A Capitania Fluvial de Santarém (CFS) levou, no dia 23 de novembro, o projeto “Segurança da Navegação nas Escolas” para a Escola Municipal de Ensino Fundamental São José Operário, na cidade de Santarém–PA. Esta foi a última instituição contemplada neste ano. O evento foi presidido pelo Sr. Capitão dos Portos de Santarém – Capitão de Fragata Robson Ferreira Carneiro, participaram o Sr. Prefeito de Santarém – Dr. Francisco Nélio Aguiar da Silva, a Sra. Secretária Municipal de Educação - Mara Regina Xavier Belo, o Sr. Soamarino Marlon Jorge Sousa da Costa, dentre outros convidados.

De 12 de abril a 23 de novembro, a CFS percorreu as escolas públicas de Santarém e região circunvizinha com palestras sobre mentalidade de segurança e práticas fluviais seguras desde a infância, tendo como foco principal o uso de coletes salva-vidas.

O projeto também foi incorporado às Capitanias Itinerantes realizado nos municípios de: Itaituba, Óbidos, Alenquer, Juruti, Terra Santa e Oriximiná, que promoveu serviços de qualidade para comunidades aquaviárias que vivem mais distantes da cidade de Santarém, onde fica a sede da CFS. Conscientizando 17.142 pessoas, sendo assim distribuídas: Santarém 8279; Itaituba 1375; Óbidos 3072; Alenquer 2048; Juruti 1630; Terra Santa 295 e Oriximiná 785. E que, na Cidade de Monte Alegre, se ampliará ainda mais.

O projeto foi iniciado a partir de fiscalizações diárias na orla de Santarém e adjacências, constatando a existência da cultura do risco, na qual há o hábito de não utilizar coletes salva-vidas nas embarcações. A “Segurança da Navegação nas Escolas” é uma parceria da Capitania Fluvial de Santarém  com a Secretaria Municipal de Educação e com a Sociedade de Amigos da Marinha em Santarém (SOAMAR-STM).

O Soamarino Marlon, exclamou: “Como representante da SOAMAR-STM, no encerramento do Projeto “Segurança da Navegação nas escolas” me sinto envaidecido em poder compartilhar esse momento com o Comandante Ferreira. Projeto esse que busca fomentar nas crianças a importância da utilização dos equipamentos de segurança, visando a salvaguarda da vida humana nos rios.”

A Sra. Secretária Municipal de Educação – Mara Belo, disse: ”Agradeço a Capitania Fluvial de Santarém por poder participar desse projeto, tão importante para as nossas crianças e adolescente, projeto esse, que através de palestras de conscientização sobre o uso do colete salva-vida e de sua importância, preserva o nosso bem maior “a vida”.”

O Sr. Prefeito de Santarém – Dr. Nélio Aguiar, em sua fala entonou: “Obrigado à Marinha do Brasil  e ao Capitão dos Portos de Santarém, por ter idealizado esse Projeto denominado “A Segurança da Navegação nas escolas”. Percebeu-se a grande aceitação das crianças em relação a esse projeto, como elas influenciarão os seus pais e familiares, quanto o uso do colete salva-vida e quanto ao escalpelamento, que é um trauma na vida das pessoas, tenho certeza que as crianças ao adentrarem em uma embarcação, a olharão de maneira diferente daqui por adiante.” Encerrou.

O Capitão dos Portos de Santarém, Comandante Ferreira destacou: ”O Projeto “Segurança da Navegação nas escolas” tem como objetivo a salvaguarda da vida humana, por meio de palestras de conscientização nas crianças, sobre a importância de se utilizar o colete salva-vida nas embarcações e de fomentar uma mentalidade de segurança aos pequenos navegantes, que por muitas vezes utilizam pequenas embarcações para ir à escola. Visando acabar com essa “cultura do risco” a Capitania vem trabalhando na base, nos bancos escolares, para que estas crianças se tornem adultos mais conscientizados e multipliquem estas informações junto aos seus familiares.” Concluiu.

 

 

Alunos aprendem na prática como se utiliza o colete salva-vida.