SUBOFICIAL-MOR DA CAPITANIA FLUVIAL DE BRASÍLIA

  

      

 

 

   Suboficial-Mor (ES) MAURÍCIO DOS   SANTOS TOLEDO

 

    As experiências vivenciadas pela Marinha dos Estados Unidos da América (EUA) mostraram, no decorrer de sua história, a necessidade da criação de um elo entre o Comando e a Guarnição, de modo a aperfeiçoar a capacidade de Comando e Combate de seus navios. Esse elo foi materializado com a criação da graduação de “Chief Petty Officer (CPO)”, em 1893. A primeira vez em que o uso da expressão “Chief” foi registrado, naquela Marinha, foi em 1776, durante a Guerra de Independência dos EUA, quando Jacob Wasbie, uma praça cozinheiro do “USS Alfred”, foi promovido a “Chief Cook” para designá-lo como o principal militar de sua especialidade a bordo de um navio. O uso dessa designação, até então informal, foi sendo expandido à medida que aquela Marinha ia crescendo e adquirindo navios maiores, mais poderosos, complexos tecnologicamente e, por conseguinte, dotados de tripulações cada vez mais numerosas. Hoje, a graduação de CPO é considerada a de maior responsabilidade dentre as demais graduações.

   Em 1995, a Marinha dos EUA implantou o Programa “Master Chief Command” (MCM), com o propósito de facilitar o fluxo interno de comunicações e garantir os mais altos padrões de profissionalismo em todos os níveis da cadeia de comando. Os MCM tem a função de fortalecer a cadeia de comando, mantendo o Comandante ciente de situações que possam vir a ocorrer e que afetem a missão, a prontidão, o bem-estar e o moral da tripulação.

   Na Marinha do Brasil, a função de Suboficial-Mor (SOMor) teve sua criação pela Portaria nº 470/MB, de 22 de outubro de 2015, do Diretor Geral do Pessoal da Marinha, sendo uma iniciativa baseada no programa “Master Chief Command”, da Marinha estadunidense.

   O propósito é contar com a ajuda de militar da guarnição que exerça forte liderança sobre as Praças, que tenha um canal direto com o Comandante, via Imediato. As atribuições e prerrogativas do Suboficial-Mor são amplas e englobam, entre outras: assessorar o Comando e orientar as Praças nas questões atinentes ao bem-estar; à moral; à satisfação profissional; à disciplina; à liderança; à carreira; e ao apoio de saúde e social; atuar como elo entre o Comando e a guarnição, a fim de estimular o fluxo de comunicações e contribuir para a manutenção de altos níveis de profissionalismo e satisfação das Praças; ser o porta-voz, junto ao Comando, dos anseios, preocupações e necessidades pessoais e profissionais das Praças; compor o Conselho de Gestão na qualidade de colaborador; cultivar, disseminar e estimular as Praças no desenvolvimento dos valores e da ética militar e na observância aos deveres militares.

   O Suboficial-Mor é um assessor direto do Comando da Organização Militar (OM) e terá a prerrogativa de acompanhar o Titular de OM na recepção de autoridades, por ocasião das honras de portaló e em comitivas. Como forma de incrementar o prestígio e reconhecimento institucionais à função de SOMor, em todas as oportunidades possíveis, o SOMor terá posição destacada, de maneira a ressaltar o seu papel fundamental na liderança e na busca pela excelência, no desempenho da missão da OM e no andamento do serviço a bordo. Cita-se como exemplo dessas ocasiões: cerimônias institucionais, confraternizações internas e com familiares dos membros da tripulação e outras

 

 

Curriculum SOMor TOLEDO

 

 

DADOS PESSOAIS

 

  • Nacimento:                               22OUT1969
  • Naturalidade:                            Rio de Janeiro
  • Estado Civil:                             Casado
  • Nome da esposa:                     Úrsula Toledo
  • Filhos:                                       Iury do Nascimento Toledo - Iago do nascimento Toledo

 

CARREIRA

 

  • MN                                             11JUN1988
  • CABO                                         27NOV1992
  • Terceiro-Sargento                       24OUT1997
  • Segundo-Sargento                     13DEZ1998
  • Primeiro-Sargento                      11JUN2006
  • Suboficial                                    11JUN2010

 

COMISSÕES

 

  • CT “Alagoas”;
  • Centro de Instrução “Almirante Wandenkolk”;
  • Centro de Instrução “Almirante Alexandrino” - (Aluno);
  • NHi “Canopus” - (Fiel de Pagamento / Auxiliar da Secretaria / Escrevente do Comandante)
  • Centro de Auxílio à Navegação “Almirante Moraes Rego” - (Auxiliar da Execução Financeira);
  • Centro de Instrução “Almirante Alexandrino – (Aluno);
  • Centro de Auxílio à Navegação “Almirante Moraes Rego” - (Fiel de Pagamento);
  • Gabinete do Comandante da Marinha - (Escrevente do Subchefe, Supervisor da Assessoria de Relações Institucionais);
  • Comando em Chefe da Esquadra – (Supervisor da SECOM);
  • Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval “Almirante José Maria do Amaral Oliveira” – (Escrevente do Comandante);
  • Estado-Maior da Armada – (Gestor Patrimonial);
  • Gabinete do Comandante da Marinha - (Supervisor da Assessoria de Relações Institucionais)
  • Navio-Escola “BRASIL” (Escrevente Comandante);
  • Capitania dos Portos do Rio de Janeiro – (Supervisor da SECOM); e
  • Capitania Fluvial de Brasília – Encarregado da Secretaria e Comunicações – Função atual).

 

CURSOS

 

  • Curso de Especialização – Escrita e Fazenda;
  • Curso de Habilitação a Sargento;
  • Curso de Aperfeiçoamento em Escrita e Fazenda;
  • Curso Especial para Habilitação para Suboficial;
  • Curso Especial de Técnica de Ensino;
  • Curso Especial de Inteligência para Praças;
  • Curso Expedito de Natação e Salvamento;
  • Curso Expedito de Sobrevivência no Mar;
  • Curso Expedito de Combate a Incêndio;
  • Curso Expedito de Técnica de Adestramento;
  • Curso Expedito de Elementar de Controle de Avarias;
  • Curso Especial de Preparação para Suboficial-Mor
  • Curso de Assessoria de Estado-Maior para Suboficiais;
  • Curso de Acesso e Manunteção no SAAP;
  • Estágio Básico de Pagamento;
  • Habilitação Arrais Amador e Motonauta.

 

CONDECORAÇÕES

 

  • Medalha da Ordem do Mérito da Defesa – MD;
  • Medalha da Ordem do Mérito Naval;
  • Medalha da Ordem do Mérito Militar – EB;
  • Medalha da Vitória – MD;
  • Medalha Militar de Ouro (passador de Bronze);
  • Medalha Militar de Ouro (passador de Prata);
  • Medalha Militar de Ouro (passador de Ouro);
  • Medalha do Pacificador – EB;
  • Medalha Mérito Tamandaré;
  • Medalha Mérito Bartolomeu de Gusmão – FAB; e
  • Medalha Mérito Marinheiro (uma âncora).