Histórico

    As terras onde hoje se instala a Base Naval de Aratu pertenciam a Antônio Torres, um rico comerciante português e proprietário de diversos navios que comercializavam especiarias. A idéia de construção de uma base naval na área correspondente às antigas fazendas da Ponta da Areia, Pombal e Boca do Rio remonta ao ano de 1883, quando o Primeiro-Tenente Antônio Alves Câmara, então comandante da canhoneira "Traripe", foi incumbido com a missão de realizar o levantamento de um local apropriado para a mudança do Arsenal de Marinha da província da Bahia.
     
    Mais tarde, durante a Segunda Guerra Mundial, a Marinha dos Estados Unidos construiu bases navais ao longo de todo o litoral brasileiro. Na cidade de Salvador foram criadas duas bases navais: uma base aeronaval em Aratu e outra, destinada a prestar apoio logístico a "destroyers" (denominada Base "Baker"), localizada em frente ao porto de Salvador, na área onde hoje funciona o Grupamento de Fuzileiros Navais. Após a guerra, estas bases foram entregues ao Brasil, ficando inicialmente a Marinha com a base aeronaval de Aratu.

     Assim, no ano de 1949 surgiu a idéia de construir uma Base Naval em Aratu, com a consequente transferência da Base Naval de Salvador para esse local. Entretanto, devido a vários motivos, somente em 1959 foi aprovado o anteprojeto de construção pelo então Ministro da Marinha, Almirante de Esquadra Sylvio de Noronha. Após 20 (vinte) anos de muitos esforços, dedicação e trabalho, a Base Naval de Aratu foi criada pelo Decreto nº 64.630 de 03 de junho de 1969, entrando em efetivo funcionamento em 1º de janeiro de 1970.

    Localizada estrategicamente na Baía de Todos os Santos, próxima a importante pólos de desenvolvimento industrial é uma Organização Militar Prestadora de Serviços-OMPS, subordinada ao Comando do Segundo Distrito Naval.

Notícias

Governo Federal lança campanha de Combate ao Zika
A Divisão de Saúde da BNA em parceria com a HEMOBA deu início ao projeto “Base Doe Vida”.
Diretoria de Portos e Costas lança Campanha para prevenir incêndios em embarcações de esporte e recreio