Base de Submarinos instala GOR

Base de Submarinos instala Sistema de Tratamento de Água por Osmose Reversa

 

Como parte dos esforços no âmbito da inovação nos serviços prestados, a Base Almirante Castro e Silva (BACS) inaugurou em 21 de março de 2018, o Sistema de Tratamento de Água por Osmose Reversa com Eletrodeionizador embutido capacitado para atender à demanda de água destilada dos meios da Marinha do Brasil. A inauguração, feita nas dependências da BACS, pelo comandante Capitão de Mar e Guerra Luiz Claudio de Almeida Baracho contou com a presença do Contra-Almirante Humberto Caldas da Silveira, da Coordenadoria-Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear (COGESN), e do Contra-Almirante Alan Guimarães Azevedo, comandante da Força de Submarinos.

O novo sistema possui uma tecnologia inovadora que permite remoção dos sais dissolvidos na água de entrada num processo seguro e limpo, sem uso de produtos químicos, e com capacidade de 1000 litros por hora de vazão de água tratada. A utilização de água destilada é fundamental para operação adequada e segura dos meios submarinos, em especial, baterias e sistema elétrico, e seu fornecimento dentro dos mais elevados parâmetros constitui parte das atribuições de uma Base de Submarinos. Sua aquisição fez-se necessária tendo em vista os requisitos mais restritos e exigentes dos S-BR, atualmente em fase final de construção em Itaguaí, ressaltando que o produto do novo equipamento é de extrema importância para atender a demanda de água destilada dos submarinos das classes Tupi e Tikuna e, subsidiariamente, aos demais meios da Marinha do Brasil.

Desta forma, com a entrada em operação do Sistema de Tratamento de Água por Osmose Reversa, a Base Almirante Castro e Silva logrou êxito em ratificar o alto padrão de qualidade como Base de Apoio a todas as classes de submarinos da Marinha do Brasil.