Aviso de Pesquisa Hidroceanográfico

 

Função

Tem como propósito efetuar levantamentos hidroceanográficos, coleta de dados ambientais e tarefas de apoio logístico móvel, a fim de contribuir para a segurança da navegação na área marítima de interesse do Brasil e vias navegáveis interiores.

Meio Naval: H11 - "Aspirante Moura"

 

História

O Aviso de Pesquisa Hidroceanográfico Aspirante Moura - U 14, é o primeiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem ao Aspirante José Cláudio Soares de Moura, que entrou na Escola Naval em 1963 e faleceu em serviço em 12 de junho de 1966. O navio foi construído no estaleiro Astillleros Brodogradiliste, em 1987, e modernizado em 2008. Foi incorporado à Marinha do Brasil em Sandfjord (Noruega), em 25 de janeiro de 2010, como navio de 4ª Classe, em cerimônia presidida pelo Adido de Defesa e Naval na Inglaterra, Suécia e Noruega, e ficou subordinado à Diretoria-Geral do Material da Marinha. No dia 22 de junho do mesmo ano foi realizada sua Mostra de Armamento quando passou a operar como navio solto subordinado ao Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM). Em 25 de abril de 2018 sua subordinação foi transferida para a Diretoria-Geral de Navegação e em 30 de maio de 2018 para o Grupamento de Navios Hidroceanográficos. Em 04 de setembro do mesmo ano foi reclassificado, quanto ao emprego, como Aviso de Pesquisa Hidroceanográfico “Aspirante Moura” (AvPqHoAspMoura).