Início

Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A.

Seleção de pessoal

Voltar

Saiba a diferença entre concurso público e processo seletivo simplificado

A Amazul – Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. é empresa pública, vinculada ao Ministério da Defesa por meio do Comando da Marinha. Por causa dessa natureza, a empresa contrata seu pessoal mediante concurso público.

A Amazul usa duas modalidades: 1) concurso público para recrutamento de empregados para seu quadro efetivo; 2) processo seletivo simplificado (PSS), para contratação temporária de profissionais que irão atuar em projetos específicos.

A empresa tem realizado contratações para preencher vagas disponibilizadas pelo concurso público 03/2014, destinadas a pessoal com ensino superior, cuja vigência foi prorrogada até maio de 2019. Dentro desse prazo, a empresa deverá, de acordo com a lei, contratar todos os aprovados para as vagas disponibilizadas no concurso. A Amazul, no entanto, não está obrigada a contratar candidatos aprovados para preenchimento do quadro de reserva.

Ao mesmo tempo, a empresa realiza, periodicamente, processos seletivos simplificados para contratar profissionais por tempo determinado (dois anos), com qualificação específica, para atuar em projetos específicos. Este ano, a Amazul abriu três processos seletivos simplificados (um concluído e dois em andamento).

O concurso público e o processo seletivo simplificado atendem objetivos diferentes. O concurso público visa contratar pessoas de perfil generalista para o quadro permanente da empresa. O processo seletivo simplificado tem por objetivo contratar por prazo determinado (até 24 meses) profissionais experientes, com elevado nível de especialização, qualificação e desempenho. Após o prazo de contratação, o profissional é desligado da empresa. Em nenhuma hipótese, o profissional contratado pelo PSS pode vir a ocupar uma vaga destinada a candidatos do concurso público (no caso, o concurso 03/2014).

Como empresa criada para promover, desenvolver, absorver, transferir e manter tecnologias necessárias  às  atividades  nucleares  da  Marinha  do  Brasil,  do  Programa Nuclear Brasileiro e do Programa de Desenvolvimento de Submarinos, a Amazul realiza projetos que frequentemente exigem a participação de mão de obra especializada na área nuclear ou em áreas que tenham interface com a tecnologia nuclear. Trata-se de uma área complexa e peculiar, ainda pouco difundida no país, e que demanda das empresas altos investimentos em pessoal: anos de preparação, qualificação e treinamento da mão de obra, principalmente de engenheiros e físicos.

Além disso, alguns projetos exigem, em  determinada  fase  ou  durante  todo  o processo,  uma  concentração  maior  de  especialistas  por  tempo  determinado,  o  que justifica  a  contratação  de  empregados  temporários para atender os prazos e cronogramas definidos nos projetos.

Geralmente, esse colaborador temporário tem um perfil mais técnico, maior nível de formação e/ou qualificação e, principalmente, maior experiência na área do conhecimento desejada. As atividades por ele desempenhadas são descritas de maneira  específica  e  individualizada  nos  respectivos  editais,  que envolvem  atuação  nos  pontos técnicos mais críticos dos projetos temporários.

O colaborador temporário é diferente do candidato do concurso público permanente, que não possui de antemão condições técnicas para desempenhar funções nesses projetos. O concurso público seleciona profissionais de perfil generalista, de todas as áreas de formação, em todos os graus de escolaridade, e que seguirão carreira na empresa. São também empregados que precisarão de treinamento e qualificação para assumir funções relacionadas à gestão da Amazul.

Leia mais em: Pessoas/Concursos/Perguntas Frequentes

Tags:

Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A.

Av. Corifeu de Azevedo Marques, 1.847
CEP 05581-001 – Butantã – São Paulo – SP

TELEFONES

CONSULTE AQUI