Início

Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A.

Projetos

Voltar

Um dos objetivos estratégicos da Amazul é demonstrar, em cada atividade e em cada projeto, a razão de sua existência e sua contribuição para a sociedade.

RMB

O Reator Multipropósito Brasileiro é um reator de pesquisa e produção de radioisótopos que são aplicados na medicina, na agricultura, na indústria e em testes de materiais. Mas sua função de maior relevância social é a fabricação de radiofármacos usados no diagnóstico, na prevenção e no tratamento de doenças como câncer. O RMB permitirá ampliar o acesso da população à medicina nuclear e tornar o Brasil autossuficiente em radiofármacos. A Amazul é co-executora do empreendimento, junto com a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).

RADIOFARMÁCIA


A Amazul mantém parceria com a Comissão Nacional de Energia Nuclear para implantação de boas práticas de fabricação no Centro de Radiofarmácia, operado pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), visando à obtenção de registro junto à Agência Nacional de Saúde (ANVISA). O projeto faz parte do programa de modernização do Centro de Radiofarmácia, que produz e distribui para todo o País produtos para diagnóstico e tratamento de doenças como o câncer.

GESTÃO DO CONHECIMENTO

A gestão do conhecimento está no portfólio de negócios da Amazul. A premiada metodologia está sendo implantada em unidades do Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo e pode ser replicada a outros empreendimentos, nucleares ou não. O conhecimento que seus empregados detêm constitui enorme ativo intangível ainda não calculado, que deve ser preservado e ampliado para sustentar os programas nucleares.
A empresa tem o compromisso de incentivar a formação continuada, a fixação e a otimização da gestão de recursos humanos para o setor nuclear.
Assim, a Amazul entrega à sociedade tecnologias, conhecimento e profissionais capacitados.

COMBUSTÍVEL NUCLEAR

A Amazul elaborou o projeto conceitual e desenvolve o projeto básico para a construção da Unidade de Testes e Preparação de Equipamentos Críticos e de Treinamentos (UTT) da Fábrica de Combustível Nuclear das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), em Resende (RJ). O contrato inclui a prestação de serviços de consultoria de engenharia para suporte técnico à implantação e licenciamento da UTT.

ENERGIA LIMPA


A tendência é que a energia nuclear aumente sua participação na matriz energética do Brasil nos próximos anos para sustentar o crescimento e atender à demanda por energias alternativas que não sejam emissoras de gases de efeito estufa.
A Amazul já faz parte desse esforço, pois participa da fabricação de centrífugas que são fornecidas para as Indústrias Nucleares do Brasil, onde são montadas as cascatas para enriquecimento do urânio, que se transforma em combustível nuclear e é enviado para as usinas nucleares de Angra.  
A empresa negocia com a Eletronuclear sua participação no projeto para a extensão da vida útil da usina nuclear de Angra I. A iniciativa visa estender, de 40 para 60 anos, o funcionamento da usina que entrou em operação comercial em 1985, com capacidade de 640 megawatts, suficiente para suprir uma cidade de 1 milhão de habitantes.
A Amazul também pretende participar do empreendimento de Angra III, que terá capacidade para gerar 12 milhões de megawatts/hora por ano, energia suficiente para abastecer as cidades de Brasília e Belo Horizonte no mesmo período. Com sua conclusão, a energia nuclear passará a gerar o equivalente a 50% do consumo do Estado do Rio de Janeiro.

SEGURANÇA NUCLEAR


A Amazul está credenciada a participar do Repositório Nacional de Rejeitos Radioativos de Baixo e Médio Níveis de Radiação (RBMN), empreendimento que tem como finalidade armazenar rejeitos provenientes de usinas nucleares e outras instalações que processam e utilizam materiais radioativos (centros de pesquisas, instalações nucleares, clínicas médicas, etc.). Em sua maioria, são vestimentas e ferramentas contaminadas, filtros utilizados em sistemas de descontaminação da água do reator, bem como outros tipos de materiais usados em pesquisa, na indústria e na medicina.
O RBMN será um marco para a consolidação da indústria nuclear brasileira, disponibilizando uma solução definitiva e segura para a gestão de rejeitos. Empreendimentos como Reator Multipropósito Brasileiro e Angra III dependem da implantação do repositório para obterem as licenças de operação. A Amazul está capacitada para participar de qualquer etapa do empreendimento: concepção, construção, licenciamento e operação.

CORAÇÃO ARTIFICIAL


A Amazul negocia parceria com o Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, uma das mais conceituadas instituições da especialidade no País, para participar do desenvolvimento de um motor para uma bomba centrífuga implantável. Esse equipamento é um dispositivo de assistência ventricular, ou seja, um dispositivo que recupera o déficit de bombeamento decorrente da insuficiência cardíaca, tambpem conhecido como coração artificial. O protótipo do motor-mancal eletromagnético foi desenvolvido pelo CTMSP e será aperfeiçoado para ser fabricado em escala.

FORTALECIMENTO DA INDÚSTRIA


O fomento à implantação de novas empresas e o fortalecimento da indústria nacional nos setores nuclear e de defesa estão entre os fatores que justificaram a criação da empresa. Esse é um dos resultados da atuação da Amazul nos vários empreendimentos do Programa Nuclear da Marinha, Programa de Desenvolvimento de Submarinos e Programa Nuclear Brasileiro.
Além do arrasto tecnológico e científico que proporcionam, os empreendimentos, com a participação da iniciativa privada, geram emprego, renda e riquezas para o País.

 

Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A.

Av. Corifeu de Azevedo Marques, 1.847
CEP 05581-001 – Butantã – São Paulo – SP

TELEFONES

CONSULTE AQUI