Operação Ágata Fronteira Norte realiza ações em pista de pouso clandestina em Roraima

Leia Mais

Operação Ágata Fronteira Norte realiza ações em pista de pouso clandestina em Roraima

Ação foi fruto de integração das Forças Armadas com agências governamentais
20/06/2023
Agência Marinha de Notícias
Boa Vista, RR

Na última sexta-feira (16), militares das Forças Armadas e agentes do IBAMA, que participam da Operação Ágata Fronteira Norte, realizaram uma incursão na região do alto Catrimani. A ação contou com uma aeronave da Força Aérea Brasileira e com militares da Marinha do Brasil, que levantaram informações sobre uma pista de pouso clandestina, em área indígena, contribuindo para o combate ao garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami.

Em consequência do monitoramento constante na faixa de fronteira, foi localizada a pista de pouso clandestina, a 250 km de Boa Vista (RR) e 242 km da foz do rio Catrimani. A pista possui o comprimento de, aproximadamente, cinco campos de futebol e apresenta indícios de utilização por aeronaves que apoiam as atividades de garimpagem. No local, foram apreendidos armamentos e incinerados materiais de armazenamento de combustível para o abastecimento das aeronaves dos garimpeiros.

Operação “Ágata Fronteira Norte”
A operação em andamento visa, principalmente, a realizar ações preventivas e repressivas na faixa de fronteira, prestar apoio logístico às ações mitigadoras da emergência em saúde pública na Terra Indígena Yanomami, em coordenação e cooperação com  agências governamentais, e   combater os crimes transfronteiriços e ambientais, com prioridade ao garimpo ilegal. Nesse sentido, foi criado um Comando Conjunto, composto por Marinha, Exército e Aeronáutica. Além disso, conta com apoio de Órgãos de Segurança Pública e agências governamentais.

Agência Marinha de Notícias