Marinha realiza campanha de combate ao lixo no mar

Leia Mais

Marinha realiza campanha de combate ao lixo no mar

Fim de semana foi de conscientização por todo o país
26/02/2024
Segundo-Tenente (RM2-T) João Stilben e Guarda-Marinha (RM2-T) Milena Ribeiro
Rio de Janeiro e Brasília

O Brasil ostenta a marca de lançar, anualmente, mais de três milhões de toneladas de lixo plástico nos oceanos. Os dados são de um projeto ligado ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas e compõem um cenário que demonstra a necessidade de ações de conscientização e a implementação de políticas públicas sobre o tema.

Com vistas a mitigar o problema de poluição hídrica (não somente por plásticos, mas também metais, madeiras, vidros e resíduos químicos e orgânicos), no âmbito da navegação comercial ou de esporte e recreio, a Marinha do Brasil (MB) lançou, no último fim de semana (24 e 25), a “Campanha de Combate ao Lixo no Mar”, com ações de conscientização das tripulações e dos passageiros de diversos tipos de embarcações e instalações marítimas e fluviais.

A ação ocorreu por intermédio das Capitanias dos Portos e suas respectivas Delegacias e Agências, envolvendo todos os nove Distritos Navais do País. O objetivo é coibir a prática do descarte irregular, que ameaça não só o equilíbrio da natureza, mas o próprio turismo náutico e a segurança da navegação.

Somente no Rio de Janeiro, 40 militares atuaram em Marinas e Clubes Náuticos na capital e em Niterói (RJ), além de Maricá, na região metropolitana. Ao todo, foram contabilizadas 119 abordagens com verificação da presença de lixeiras e distribuição de sacos para o recolhimento correto dos resíduos.

Para o Capitão dos Portos do Rio de Janeiro, Capitão de Mar e Guerra Luciano Calixto de Almeida Junior, a operação reforça a premissa de que cuidar do meio ambiente é um dos compromissos da Marinha, mas que a atuação da sociedade é fundamental.  “É muito importante a conscientização de todos os cidadãos sobre os impactos negativos de se jogar lixo no mar, seja para a economia, meio ambiente, segurança da navegação e até mesmo para a nossa própria saúde”, alertou.


Além de conscientizar a comunidade marítima carioca, a Capitania do Rio de Janeiro auxiliou na coleta de resíduos plásticos – Imagem: Marinha do Brasil

A “Campanha de Combate ao Lixo no Mar” integra a Operação Verão 2024 que, além das inspeções in loco, também conta com ações de divulgação virtual e visual em iates clubes, marinas e clubes náuticos. As equipes de fiscalização do tráfego aquaviário também são responsáveis por orientar a população sobre a importância de cada cidadão entender os prejuízos da do descarte irregular não só nos mares, mas também em rios, lagos e afluentes.

Em Brasília, por exemplo, mesmo não havendo mar ou litoral, a Capitania Fluvial promoveu um fim de semana de conscientização com abordagens educativas em lanchas, motos aquáticas, catamarãs e outras embarcações. O Distrito Federal reúne a quarta maior frota de embarcações de esporte e recreio de todo o País.

 


Aproximação de embarcação militar para abordagem de conscientização no Lago Paranoá, na capital federal – Imagem: Marinha do Brasil

Operação Verão

A MB encerra, na próxima quinta-feira (29), a "Operação Verão", que se iniciou em dezembro do ano passado. O período é o de maior atividade náutica por todo o País. A Autoridade Marítima atuou por meio das Capitanias dos Portos e suas Delegacias e Agências subordinadas, tendo como foco um mesmo objetivo: conscientizar condutores e passageiros sobre as boas práticas para uma navegação segura.

Somente no primeiro mês da Operação Verão 2024, foram inspecionadas 27.218 embarcações, de acordo com os dados do Comando de Operações Navais. Dessas, 1.110 foram notificadas e 114 apreendidas. Foram mais de 5 mil militares envolvidos, com uma área de atuação que abrangeu não só as regiões marítimas, angras, enseadas e baías, mas também hidrovias interiores, como rios, lagos, canais e lagoas.

NAVSEG: você conectado a uma navegação segura

Desde setembro de 2023, navegantes de todo o Brasil contam com o aplicativo NAVSEG. A ferramenta tem como objetivo oferecer mais praticidade e segurança a condutores e passageiros de embarcações de pequeno e médio portes. Uma das funcionalidades do APP é substituir o “Aviso de Saída”, documento no qual o navegador informa seu plano de viagem.

Por meio do NAVSEG, o comandante compartilha sua localização em tempo real com a Marinha do Brasil. Assim, a Capitania dos Portos responsável pela área, passa a acompanhar, automaticamente, a embarcação durante a navegação. Isso possibilita que, em caso de necessidade, o envio de socorro e salvamento seja muito mais rápido e eficaz do que sem o uso da ferramenta.

O NAVSEG está disponível para download gratuito em Android e iPhone (iOS). Utilizá-lo é fácil: basta entrar por meio do acesso único do Gov.br e preencher todos os campos corretamente. Clique aqui e confira mais detalhes sobre o aplicativo.

 

Assista ao vídeo:

 

Agência Marinha de Notícias