Marinha realiza ações em GLO na fronteira com o Paraguai

Leia Mais

Marinha realiza ações em GLO na fronteira com o Paraguai

Operação visa combater a entrada de ilícitos na região do lago de Itaipu e áreas do Paraná
07/11/2023
Primeiro-Tenente (RM2-T) Thaís Cerqueira
Rio de Janeiro, RJ

Nesta segunda-feira (6), militares da Marinha do Brasil (MB) iniciaram ações de reforço ao patrulhamento de toda a faixa de fronteira, no oeste do estado do Paraná (PR). A medida faz parte da Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) e ocorrerá até 3 de maio de 2024. O objetivo é conter a entrada de ilícitos, como drogas e armas, pelas fronteiras do Brasil, principalmente, por meio da região da Tríplice Fronteira, no lago de Itaipu, desde Foz do Iguaçu até Guaíra (PR).

Para atuar na região, a MB mobilizou mais de 200 militares que estão realizando inspeções e patrulhas navais. Também serão utilizadas 13 embarcações, sendo uma delas equipada com duas metralhadoras - uma fixa de calibre .50 e uma MAG calibre .762. A operação também contará com o reforço de uma aeronave UH-12 “Esquilo”.

“Esta GLO representa um marco importante na luta contra o tráfico de drogas e armas nas fronteiras do Brasil. A Capitania Fluvial do Rio Paraná está comprometida em desempenhar um papel fundamental nessa missão. Com a mobilização de nossos recursos, incluindo embarcações equipadas com tecnologia avançada e uma equipe de militares altamente treinados, estamos confiantes de que seremos capazes de contribuir significativamente para o sucesso dessa operação. A segurança das nossas fronteiras é uma prioridade e estamos prontos para enfrentar os desafios que essa missão nos apresenta”, destacou o Comandante do Grupo-Tarefa Paraná, Capitão de Fragata Edésio Raimundo de Assis Junior.

Aeronave UH-12 Esquilo que será empregada no apoio às ações na região

GLO do MAR
Com base no Decreto 11.765, de 1° de novembro, assinado pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, os militares das Forças Armadas realizam, a partir de hoje (6), ações preventivas e repressivas nas fronteiras, portos e aeroportos, em articulação com órgãos de Segurança Pública. A GLO concede poder de polícia aos militares para atuarem nessas áreas.

A MB também atuará nos portos de Itaguaí (RJ), Rio de Janeiro (RJ) e Santos (SP). Para atuar nessas áreas, serão empregados 1.900 militares. A Força vai utilizar também 120 meios, dentre os quais, Navios-Patrulha, embarcações, Carros Lagarta Anfíbio, Viaturas Blindadas “Piranha”, além de Viaturas Blindadas Leves Sobre Rodas (JLTV), entre outros. Saiba mais clicando aqui.

Denominada “Lais de Guia”, a operação da MB faz referência a um dos mais conhecidos e utilizados nós, por ser de grande utilidade e confiabilidade. O nome simboliza união, representando a articulação e o trabalho conjunto que será realizado entre as Forças Armadas e outros órgãos de Segurança Pública.

Assista ao vídeo:

Galeria de fotos: 
Agência Marinha de Notícias
//