Marinha realiza Ação Cívico-Social com ribeirinhos no Pará

Leia Mais

Marinha realiza Ação Cívico-Social com ribeirinhos no Pará

Equipe multidisciplinar realizou atendimentos em saúde e de assistência social no município de Ponta de Pedras e na grande Belém
09/12/2023
Agência Marinha de Notícias
Belém, PA
O Navio-Auxiliar (NA) “Pará” realizou, entre os dias 5 e 8 de dezembro, uma Ação Cívico-Social, com uma equipe de saúde composta por médicos, dentistas, enfermeiros e assistentes sociais, levando serviços médico-odontológicos e apoio social à população ribeirinha e moradores do município de Ponta de Pedras (PA) e do Distrito de Icoaraci, na grande Belém.
 
Ao longo de três dias de atendimento nessas duas localidades, os profissionais de saúde realizaram 746 atendimentos médicos, dentre eles: ginecologia, pediatria, otorrinolaringologista, mamografia, ultrassonografia e clínica geral. Além de 898 procedimentos odontológicos, 200 procedimentos laboratoriais, 855 procedimentos de enfermagem e distribuição de mais de 12 mil medicamentos gratuitos. Para a prestação dos serviços, o navio da Marinha do Brasil contou com apoio da Prefeitura de Ponta de Pedras, da Agência Distrital de Icoaraci, da Universidade Federal do Pará (UFPA) e Hospital das Clínicas.
 
Processo de triagem dos pacientes a bordo do NA “Pará”
 
Com a conclusão desta, que foi a quarta operação de Assistência Cívico-Social (AciSo-IV) em 2023, o Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte concluiu, com êxito, o ciclo de apoios à população Paraense, planejados para o presente ano.
 
Navio-Auxiliar “Pará”
Incorporado à Marinha do Brasil em 19 de janeiro de 2005, o Navio-Auxiliar “Pará” está subordinado ao Comando do 4° Distrito Naval e integra o Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte. Caracterizado por 56,11 m de comprimento, 21,42m de boca (largura) e 3,6m de calado (distância entre a superfície da água e a quilha, ponto mais baixo do navio), é equipado com 4 (quatro) metralhadoras Oerlinkon 20mm e tripulado, atualmente, por 57 militares. O meio possui capacidade tanto para atendimentos médicos quanto para transporte e desembarque de tropas na região amazônica.
 
Ao atuar nos rios da Amazônia, operando a partir da Base Naval de Val de Cães, em Belém (PA), tem autonomia para navegar durante 23 dias sem a necessidade de realizar paradas para reabastecimento. Voltado ao apoio médico-odontológico, é equipado com centro de testes rápidos, centro de triagem, consultório médico e odontológico, sala de mamografia, sala de exames de imagem e farmácia, a qual contempla estoque prontificado para a distribuição de medicamentos de forma gratuita.
 
Assista ao vídeo e veja imagens da Ação: 
 
Galeria de fotos: 
Agência Marinha de Notícias