Marinha leva cirurgias de catarata gratuitas a municípios do interior do Amazonas

Leia Mais

Marinha leva cirurgias de catarata gratuitas a municípios do interior do Amazonas

Parceria entre Marinha e instituições possibilitou a assistência às comunidades ribeirinhas mais carentes
07/06/2023
Agência Marinha de Notícias
Manaus, AM

Termina nesta quarta (07), a Operação “Oftalmologia Humanitária”, de assistência médica e humanitária, que mudou a vida de milhares de pessoas no interior da Amazônia. A iniciativa, coordenada e executada pela Marinha do Brasil (MB), conta com a participação de oftalmologistas do Instituto da Visão, da Universidade Federal do Amazonas, da Universidade Federal de São Paulo, do Instituto Paulista de Estudos e Pesquisas em Oftalmologia, da Fundação Piedade Cohen, além de médicos voluntários e empresas privadas, como o laboratório Alcon e a Lupas Leitor.

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro” saiu, no dia 28 de maio, de Manaus (AM), com destino às cidades de Maués (29 e 30 de maio), Boa Vista do Ramos (31 de maio), Barreirinhas (1º de junho), Nhamundá (02 de junho) e Parintins (03 de junho), localizadas na porção leste do Estado do Amazonas, junto à fronteira com o Estado do Pará, onde foram realizados atendimentos médicos e odontológicos a bordo do Navio, cirurgias de catarata, pterígio e atendimentos clínicos com doações de óculos.


Médicos de instituições parceiras realizaram 229 cirurgias de catarata durante a comissão
 

Ao longo da ação, aproximadamente 4 mil pessoas foram beneficiadas nas cinco cidades visitadas pelo navio. O planejamento foi realizado também com o apoio das secretarias de saúde dos municípios, com a realização de uma triagem prévia para agilizar o atendimento da população. Assim, logo após a embarcação chegar às cidades, os atendimentos já iniciavam. Somente desta forma seria possível atender a tantas pessoas em diferentes localidades, em menos de uma semana, explica o Comandante do NAsH Doutor Montenegro, o Capitão de Corveta Thiago Batista Rocha D'Oliveira.

"A Marinha possui quatro Navios de Assistência Hospitalar atuando na Amazônia que, durante todo o ano, prestam assistência médica e odontológica às populações ribeirinhas e comunidades isoladas do interior. Em particular, nesta oportunidade, temos a capacidade do navio potencializada pela parceria com o Projeto ‘Oftalmologia Humanitária’. Assim, levamos atendimento médico e odontológico, exames, distribuição de milhares de óculos e cirurgias de catarata à população menos assistida do Estado”, destaca o Comandante.

Para a dona Edilda Lima Pontes, de 49 anos, uma das pessoas atendidas, a ação foi uma oportunidade de receber atendimento especializado na região. “É muito importante para nós, de baixa renda, os atendimentos e receber os óculos, porque temos a vista cansada. A Marinha está trazendo muita felicidade pra gente que mora no interior”, disse. Outro beneficiado foi o Francisco Chagas, de 79 anos, que fez cirurgia de catarata. “Sou pescador, e eu estava há cinco anos enxergando muito pouco. Eu agradeço a Deus e à Marinha”, comemorou. Sentimento similar teve o carpinteiro Reinaldo Rosano, de 59 anos, que, após a cirurgia, tem expectativas de voltar a trabalhar normalmente. “Há um ano e três meses não estava enxergando bem, e agora, me sinto muito bem. Vou voltar a trabalhar como antes, enxergando bem”, pontuou.


Foram realizados 192 atendimentos odontológicos a bordo do navio


 

Veja todas as fotos da ação:
https://www.flickr.com/photos/mboficial/albums/72177720308727249/with/52947401806/

 

Agência Marinha de Notícias