Marinha leva cidadania e saúde para a Ilha do Marajó

Leia Mais

Marinha leva cidadania e saúde para a Ilha do Marajó

Na primeira etapa, Operação “Chance para Todos” contempla quatro municípios
27/03/2024
Primeiro-Tenente (RM2-T) Augusto Rodrigues
Belém, PA

A partir de hoje (27), militares da Marinha do Brasil (MB) realizam a primeira das quatro etapas previstas da Operação "Chance Para Todos". Médicos e dentistas, além de profissionais de instituições parceiras, vão atender às populações dos municípios de Soure, Ponta de Pedras e São Sebastião da Boa Vista, no Arquipélago do Marajó, e Abaetetuba, no nordeste do Pará. Os pacientes também terão acesso, gratuito, aos medicamentos prescritos. A ação se estenderá até 9 de abril.

As comunidades atendidas contarão, ainda, com outros serviços, como emissão de documentos, balcão de direitos (com esclarecimentos sobre questões jurídicas e soluções não litigiosas de conflitos), cobertura de eixos de embarcações (visando evitar escalpelamento), cursos e palestras. Os atendimentos serão realizados a bordo do Navio-Auxiliar (NA) “Pará”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, que tem sede em Belém (PA).

NA “Pará”

O Navio é equipado com sala de mamografia, centro de triagem, centro de testes rápidos, consultório médico e odontológico, sala de exames de imagem e farmácia para distribuição gratuita de medicamentos. Em 2023, o NA “Pará” foi empregado em quatro Ações Cívico-Sociais, que totalizaram mais de 7 mil atendimentos médicos e odontológicos, com a distribuição de 66 mil medicamentos para moradores de cidades localizadas ao longo de rios da Amazônia Oriental.

“O êxito alcançado em 2023 retorna uma perspectiva promissora para o prosseguimento das ações em 2024 e enseja oportunidades de expansão e consolidação. Dessa forma, a Marinha do Brasil garante presença ativa do Estado brasileiro na região amazônica, levando cidadania às populações ribeirinhas”, avalia o Comandante do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, Capitão de Mar e Guerra Ondiara Barbosa.


NA “Pará” é o maior navio subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte. Imagem: Marinha do Brasil

 

Operando a partir da Base Naval de Val de Cães, em Belém (PA), o navio é empregado como meio naval de transporte e desembarque de tropas do Exército e de Fuzileiros Navais na região amazônica e, sobretudo, é designado para Ações Cívico-Sociais, com foco em atendimentos em saúde.

O NA “Pará” foi incorporado à Marinha em 19 de janeiro de 2005. É o capitânia (maior navio) dentre os meios subordinados ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte: são 56,11 metros de comprimento, 21,42 m de boca (largura); quando carregado, seu calado é de 5,01 m (calado é a distância entre a linha d'água e a quilha, parte mais baixa do navio). Além disso, pode atingir velocidade máxima de 11 nós (aproximadamente 20 km/h).

Confira as datas de atendimento:
Soure - 28 e 29/03
Ponta de Pedras - 01 e 02/04
São Sebastião da Boa Vista - 04 e 05/04
Abaetetuba - 08 e 09/04


Mapa destaca os municípios que receberão a Operação “Chance Para Todos”

 

Agência Marinha de Notícias