Marinha inicia missão de assistência à saúde no Amazonas

Leia Mais

Marinha inicia missão de assistência à saúde no Amazonas

Equipes saíram de Manaus (AM), a bordo do Navio de Assistência Hospitalar “Soares de Meirelles”
28/03/2024
Segundo-Tenente (RM2-T) Victor Cruz e Segundo-Tenente (RM2-T) João Stilben
Agência Marinha de Notícias

A Marinha do Brasil (MB) iniciou, nesta semana, uma série de atendimentos médicos, oftalmológicos e odontológicos em cinco municípios do interior do Amazonas. As equipes de saúde partiram de Manaus (AM), no dia 16 de março, a bordo do Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Soares de Meirelles”, chegando ao município de Tonantins (AM) na segunda-feira (25). Somente no primeiro dia, foram realizados 676 procedimentos odontológicos no Navio e distribuídos 90 kits odontológicos, além de 11 exames de mamografia realizados a bordo.

De acordo com o Capitão de Corveta Wallace Felipe de Paiva Santos, Comandante do NAsH “Soares de Meirelles”, o projeto segue aos municípios de Jutaí, Fonte Boa, Uarini e Alvarães, na região do Alto e Médio Solimões. “Nesta ação, a Marinha do Brasil presta apoio de forma logística no transporte de pessoal, equipamentos e insumos. O projeto realizará, ao longo de seis dias, cerca de 170 cirurgias, em cinco diferentes municípios da Amazônia Ocidental, então, é uma enorme satisfação poder apoiar e levar saúde com dignidade a todas essas pessoas”, destaca o Comandante Wallace.

Além de exames médicos de rotina, a população terá acesso a cirurgias para tratamento de catarata, problema que afeta a saúde ocular, por meio do projeto Oftalmologia Humanitária 2024, uma parceria entre a MB, a Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR) Manaus e as organizações parceiras. No âmbito do projeto, e em relação aos atendimentos da segunda-feira (25), também já foram feitas 38 cirurgias de catarata, e doados 396 óculos na cidade.


Cirurgia de catarata é realizada no NAsH “Soares de Meirelles” – Imagem: Marinha do Brasil

A ação conta ainda com a participação de profissionais da Fundação Piedade Cohen, do Instituto da Visão, da Universidade Federal do Amazonas, e da Universidade Federal de São Paulo. Uma triagem prévia é realizada nas localidades, para otimizar o atendimento da população e definir o público prioritário para os procedimentos.

O Comandante do navio informa que, em todas as paradas, a equipe de saúde do NAsH “Soares de Meirelles” prestará, além dos atendimentos médicos, odontológicos e oftalmológicos, serviços como aferição de pressão arterial, exames de glicemia e prescrições e entregas de medicamentos.

 


Também no NAsH “Soares de Meirelles”, militar realiza atendimento odontológico – Imagem: Marinha do Brasil

 

Navio da Esperança

Em regiões de difícil acesso, muitas famílias brasileiras se encontram desassistidas quanto a atendimentos médicos, odontológicos e hospitalares. É o que acontece em diversos pontos da Amazônia e do Pantanal, isolados dos grandes centros urbanos, e apenas acessados por rios ou por via aérea.

Para mitigar essa situação, desde o final da década de 40, a Marinha realiza o trabalho de levar saúde aos rincões mais distantes do país, conduzindo as Operações de Assistência Hospitalar à População Ribeirinha. Por essa atuação, os navios da Marinha que prestam esse serviço são também conhecidos como “Navios da Esperança”, honrando o lema do navio de levar “Saúde onde houver vida!”.

O Navio de Assistência Hospitalar “Soares de Meirelles” possui consultórios médicos, odontológicos, farmácia, sala de vacinação, sala de raio-X, centro cirúrgico, enfermaria e laboratório de análises clínicas. Seu nome é uma homenagem ao Cirurgião-Mor da Armada e Patrono do Corpo de Saúde da Marinha.

Incorporado à MB no ano de 2010, o “Soares de Meirelles” integra a Flotilha do Amazonas, subordinada ao Comando do 9º Distrito Naval, com sede em Manaus.

Agência Marinha de Notícias