Marinha do Brasil realiza Exercício de Defesa de Porto em Fortaleza

Leia Mais

Marinha do Brasil realiza Exercício de Defesa de Porto em Fortaleza

O treinamento ocorreu entre 4 e 6 de outubro com cerca de 300 militares
06/10/2023
Primeiro-Tenente (RM2-T) Maria Clara Medeiros do Nascimento
Fortaleza, Ceará

A Marinha do Brasil encerrou hoje (6), na capital cearense, o Exercício de Defesa de Porto, denominado “Deportex”, que tem como objetivo contribuir para a qualificação dos militares na garantia da segurança e proteção dos terminais portuários, bem como aperfeiçoar as Operações de Defesa Naval na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), que abrange os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

O treinamento, que teve início em 4 de outubro, contou com a participação de cerca de 300 militares, integrantes do Com3ºDN e suas organizações subordinadas, como o Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal, a Capitania dos Portos do Ceará e navios do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste.


Fuzileiros Navais atuam em conjunto com a Capitania dos Portos do Ceará em exercício
 

Durante o exercício, realizado na região do Porto do Mucuripe, em Fortaleza, os militares atuaram nas instalações portuárias em terra, enquanto as embarcações e os navios operaram na área marítima adjacente.


Treinamento de controle de distúrbios durante manifestação que simulava tentativa de invadir o Porto

 

O Capitão dos Portos do Ceará, Capitão de Mar e Guerra Anderson Pessoa Valença, reforçou a importância desse tipo de atividade, que “permite a avaliação e o aperfeiçoamento não só dos militares e equipamentos empregados na segurança e proteção das instalações do terminal, como também de toda a estrutura envolvida, como a capacidade de suporte logístico e apoio à saúde”.


Equipe da saúde executa atendimento a militar ferido em simulação de explosão na área dos contêineres

 

Nesta edição da “Deportex”, foram realizados mais de 30 exercícios simulando situações como acidentes de pessoal, incêndios, ativação de bloqueio de celulares e comunicações, explosão de artefato com múltiplas vítimas, tentativas de incursão com refém, disseminação de fake news, defesa avançada de área com ação do Navio-Patrulha (NPa) “Macau”, entre outros. Ao todo, mais de 35 embarcações foram abordadas e 300 veículos vistoriados, proporcionando o efetivo controle terrestre e do tráfego marítimo na área.


NPa “Macau” realiza ação de Patrulha Naval na área marítima de Fortaleza-CE
 

 

Galeria de fotos: 
Agência Marinha de Notícias