Marinha do Brasil participa de comemorações do Bicentenário da Armada da Colômbia

Leia Mais

Marinha do Brasil participa de comemorações do Bicentenário da Armada da Colômbia

Eventos integram programação da Operação “BraColPer 2023”
21/07/2023
Agência Marinha de Notícias
Manaus, AM

Como parte da Operação “BraColPer 2023”, a Marinha do Brasil participou, na última quinta-feira (20) de uma série de eventos comemorativos, pelo bicentenário da Armada Colombiana na região de Letícia, cidade colombiana próxima à tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru. Neste ano, são comemorados os 200 anos da Batalha Naval do Lago de Maracaibo, importante vitória naval que garantiu a independência do país.

Os eventos incluíram uma missa na catedral da cidade, desfile cívico-militar, com a participação de integrantes das Forças Armadas do Brasil, e a aposição floral diante do busto do Almirante Padilla, que comandou as forças navais colombianas em Maracaibo.

Um dos pontos altos das comemorações foi o Desfile Naval no rio Marañon (trecho colombiano do rio Solimões), que contou com a participação do Navio-Patrulha Fluvial “Raposo Tavares”, do Navio-Patrulha Fluvial “Amapá” e do Navio de Assistência Hospitalar “Soares de Meirelles”, da Marinha do Brasil; do Navio ARC “Letícia”, da Armada da Colômbia; e do BAP “Castilla”, da Marinha de Guerra do Peru.

BraColPer 2023

Cerimônia oficial de abertura da Operação BraColPer 2023 em Letícia (COL)

As delegações das Marinhas do Brasil, Colômbia e Peru participaram também da abertura oficial da Operação “BraColPer 2023”, na quarta-feira (19). Na ocasião, o Comandante do 9º Distrito Naval, Vice-Almirante Thadeu Marcos Orosco Coelho Lobo, ressaltou a importância da parceria entre as marinhas de Brasil, Colômbia e Peru para a proteção da região amazônica: “O contexto amazônico vem ganhando complexidade e a nossa presença se faz cada vez mais necessária na região. As águas têm um papel principal na Amazônia, conectando os povos, transportando riquezas e abrindo o coração de nosso continente ao Oceano Atlântico. A BraColPer deve produzir entregas palpáveis aos contribuintes dos três países mediante a sensação de presença dos Estados de forma integrada oferecendo correção e segurança. Estamos ansiosos para içar nossas velas e continuar a navegação, agora mais fortes com a companhia dos nossos amigos”.

 

Agência Marinha de Notícias