Marinha conduz curso internacional para militares estrangeiros

Leia Mais

Marinha conduz curso internacional para militares estrangeiros

Foram disseminados conhecimentos em Força-Tarefa Marítima no contexto de Operação de Paz
18/08/2023
Agência Marinha de Notícias
Rio de Janeiro, RJ

Entre 14 e 18 de agosto, o Centro de Operações de Paz de Caráter Naval (COpPazNav) conduziu a fase presencial do Curso Internacional de Força-Tarefa Marítima das Nações Unidas (United Nations Maritime Task Force International Course), no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC). O curso, que está em sua quinta edição, é ministrado em língua inglesa a Oficiais da Marinha do Brasil (MB) e de nações amigas, tendo por objetivo disseminar os conhecimentos necessários a um Oficial de Estado-Maior em uma Força-Tarefa Marítima, no contexto de uma Operação de Paz sob a égide da ONU.

Além de Oficiais da MB, a turma possui doze Oficiais estrangeiros, oriundos dos seguintes países: Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Chile, China, Equador, Grécia, Jordânia, Moçambique e Tunísia. A presença de militares da América Latina, Europa, África, Oriente Médio e Ásia caracteriza um ambiente cultural e militarmente diversificado.

Doze Oficiais estrangeiros, de dez países, participaram do curso – Imagem: Marinha do Brasil

“O curso de Força-Tarefa Marítima é parte de um enorme legado deixado pela MB por ocasião dos dez anos em que participou da UNIFIL [a Força Interina da ONU no Líbano], uma vez que a Marinha não só compôs o grupo de trabalho internacional, responsável pela elaboração do referido curso, mas também foi investida da liderança do grupo. Os alunos estrangeiros têm a oportunidade ímpar de receber o conteúdo do curso transmitido diretamente pelo seu autor”, explicou o responsável pelo COpPazNav, Capitão de Fragata (Fuzileiro Naval) Tarick Turidu da Silva Nunes Taets.

Como atividade final, é conduzido um exercício baseado em cenários, no qual os alunos são divididos em grupos de trabalho e, com base nos conceitos aprendidos, reproduzem ações típicas de um Estado-Maior. A atividade propicia a experiência de planejar e apresentar soluções para situações relacionadas ao mandato de uma Operação de Paz da ONU, desenvolvida em ambiente marítimo.

Entrega de certificados aos Oficiais concludentes do curso – Imagem: Marinha do Brasil

 

Agência Marinha de Notícias