Marinha atende mais de 100 mulheres em mutirão de prevenção ao câncer de mama

Leia Mais

Marinha atende mais de 100 mulheres em mutirão de prevenção ao câncer de mama

Exames de mama atendem a demanda reprimida em Santarém (PA)
14/06/2023
Segundo-Tenente (RM2-T) Augusto Rodrigues
Belém, PA

A Marinha do Brasil realizou 92 ultrassonografias de mama e 15 mamografias durante mutirão no município de Santarém, na região do Baixo Amazonas, no Pará. Em alguns casos, a espera por esses procedimentos chegava a quatro anos. Promovida entre os dias 5 e 9 de junho, a bordo do Navio-Auxiliar “Pará”, a ação teve apoio da ONG Américas Amigas.

No navio, médicos militares e voluntários receberam pacientes encaminhadas pela Secretaria Municipal de Saúde de Santarém. A partir do recebimento dos resultados dos exames realizados a bordo, as pacientes que precisarem de atendimento médico especializado serão acolhidas pelo órgão municipal de saúde, em continuidade ao trabalho da Marinha.

A diarista Francisca Sara Teixeira, 55 anos, foi uma das beneficiadas durante o mutirão. “Esperava desde o ano passado por esse atendimento. Foi muito importante esse trabalho. O atendimento foi ótimo, agradeço à equipe que acolheu a gente”.

“O navio realizou ultrassonografias para a detecção de câncer de mama. Após o atendimento, as pacientes com alguma anormalidade observada eram encaminhadas para a realização de biópsia ou mamografia”, explicou o Capitão de Corveta Filipe Campos, Comandante do Navio-Auxiliar “Pará”.


Pacientes aguardavam por até quatro anos para a realização de exames de mama
 

Ações educativas
Em paralelo ao mutirão de prevenção ao câncer de mama, oito escolas da rede pública em Santarém receberam ações educativas em prol da segurança da navegação, promovidas pela tripulação do Navio-Auxiliar “Pará” e técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes e da Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda.

As atividades de conscientização tiveram como objetivo demonstrar aos jovens a importância da realização de manutenções em embarcações e do uso de equipamentos de segurança. Também foram reforçados alertas sobre condutas de risco, como a superlotação de embarcações, condução sob efeito de álcool e saída de cais sem a devida informação acerca do plano de navegação.


Marinha promoveu ações em prol da segurança da navegação em escolas da rede pública em Santarém
 

Navio-Auxiliar “Pará”
O Navio-Auxiliar “Pará” foi incorporado à Marinha do Brasil em 19 de janeiro de 2005. Subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, atua nos rios da Amazônia, a partir da Base Naval de Val de Cães, em Belém (PA).

O navio militar é equipado para a realização de atendimentos em saúde, com sala de mamografia, centro de triagem, centro de testes rápidos, consultório médico e odontológico, sala de exames de imagem e farmácia para distribuição gratuita de medicamentos. Também é empregado como meio naval de transporte e desembarque de tropas do Exército e de Fuzileiros Navais na região amazônica.


Navio-Auxiliar “Pará” navegando na Amazônia
 

 

Agência Marinha de Notícias