Marinha apresenta Programa Antártico Brasileiro na Câmara dos Deputados

Leia Mais

Marinha apresenta Programa Antártico Brasileiro na Câmara dos Deputados

Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional promove Audiência Pública sobre o PROANTAR
08/06/2022
Primeiro-Tenente (RM2-T) Luciana Santos de Almeida
Brasília, DF

Na data em que se comemora o Dia Mundial dos Oceanos, 08 de junho, a Marinha do Brasil atendeu ao requerimento da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDEN) e apresentou o Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR) na Câmara dos Deputados.

Na Audiência Pública, o Secretário da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM), Contra-Almirante Marco Antônio Linhares Soares, citou que nos últimos dois anos, desde o início da pandemia, a Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF) adaptou suas atividades para não comprometer a segurança dos pesquisadores e manter a operação em perfeito funcionamento. “Não interrompemos as pesquisas, cumprimos as quarentenas exigidas a bordo antes de chegar à Estação, inclusive os pesquisadores que estavam à época conosco. Deixamos de enviar pesquisadores por um tempo — mas não de realizar a pesquisa de campo —, e vamos retomar o envio neste ano”, esclareceu.

 

Secretário da CIRM apresentou o PROANTAR na CREDEN
 

O Secretário da CIRM apresentou as perspectivas da OPERANTAR XLI, que levará 121 pesquisadores de 29 projetos para a Antártica, além da construção do Navio de Apoio Antártico, que será construído no Brasil, por brasileiros, com conteúdo nacional. O Almirante Linhares também detalhou os custos para manter o PROANTAR, que incluem a manutenção da EACF, dos navios e helicópteros, combustíveis, treinamentos pré-antárticos, além do apoio logístico aos projetos de pesquisa.

Ele destacou que com o apoio parlamentar, será possível ampliar, em 2023, as capacidades logísticas na OPERANTAR (especialmente em relação aos materiais de consumo e serviços); envio de alpinistas; estabelecimento de novos módulos (espaços) isolados para pesquisa e o incremento das pesquisas oceanográficas no ano.

Durante a reunião, os parlamentares da CREDEN fizeram perguntas sobre o Programa, respondidas pelo Secretário da CIRM, e compartilharam experiências de visitas à Estação Antártica Brasileira.

Encontro da Frente Parlamentar Mista de Apoio ao Programa Antártico Brasileiro

A Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (SECIRM) realizou, ontem (07), encontro com a Frente Parlamentar Mista de Apoio ao Programa Antártico Brasileiro, para debater medidas para o fortalecimento do programa e contar como foi o funcionamento do Programa durante a pandemia. No local, o Secretário de Pesquisa e Formação Científica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcelo Morales, que apresentou na reunião os programas de pesquisa que o MCTI realiza na Antártica com apoio da Marinha.

 

Reunião da Frente Parlamentar Mista de Apoio ao Programa Antártico Brasileiro na Câmara dos Deputados
 

A Frente Parlamentar, criada em 2007 para garantir apoio às pesquisas realizadas por cientistas brasileiros na Estação Antártica Comandante Ferraz, é presidida, atualmente, pelo Deputado José Rocha. Ele reforçou que a contribuição do parlamento brasileiro para o levantamento de recursos financeiros viabiliza as pesquisas e a manutenção da presença brasileira na Antártica. “Esse Programa fantástico interessa não apenas a nós, brasileiros, mas ao mundo, pelo nível de excelência com que é realizada a pesquisa científica no continente Antártico. Isso tem dado ao nosso País uma visibilidade muito grande na área da ciência e da tecnologia, exercitada por grandes pesquisadores. Com esse trabalho que a Marinha realiza na Estação Antártica Comandante Ferraz, vamos convencer, neste ano, a maioria dos nossos colegas a colocarem emendas parlamentares nesse Programa”, afirmou.

 

A Frente Parlamentar é presidida pelo Deputado José Rocha

 

Assista ao vídeo da Audiência Pública

 

Agência Marinha de Notícias