Comissão promove assistência hospitalar a comunidades ribeirinhas e apoio à pesquisa científica no Pantanal

Leia Mais

Comissão promove assistência hospitalar a comunidades ribeirinhas e apoio à pesquisa científica no Pantanal

Ações de assistência hospitalar serão voltadas às campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul
17/10/2022
Primeiro-Tenente (RM2-T) Melina Aita Isquierdo
Ladário, MS

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Tenente Maximiano” promoverá, de 17 a 24 de outubro, atividades de assistência hospitalar a comunidades ribeirinhas do Pantanal sul-mato-grossense e prestará apoio a pesquisadores da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Serão percorridos, no Rio Paraguai, cerca de 450 km, de Ladário à região da Barra de São Lourenço, na divisa dos Estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. 

As ações de assistência hospitalar terão como foco as campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul, pertencentes ao Calendário Nacional de Saúde e serão realizadas palestras e orientações voltadas à saúde da mulher e do homem.

“A expectativa é atendermos cerca de 350 moradores de cinco comunidades de regiões distantes do Pantanal, que residem, na maioria dos casos, a 200 km dos centros urbanos e órgãos de saúde pública”, explicou o Comandante do NAsH “Tenente Maximiano”, Capitão-Tenente Eduardo Pontual Dubeux.

O NAsH tem capacidade para realizar exames de raio-X e possui pequeno centro cirúrgico, enfermaria, sala de esterilização, sala de expurgo, farmácia, laboratório, consultório médico e  consultórios odontológicos.

Incentivo à pesquisa científica
Durante a comissão, pesquisadores da UEMS percorrerão o Rio Paraguai, a bordo NAsH “Tenente Maximiano”, para coleta de dados científicos para pesquisas da instituição. O levantamento de informações terá como foco a interação do homem com o bioma Pantanal e a assistência médica às populações ribeirinhas.
 
A parceira entre a instituição e o Comando do 6º Distrito Naval foi firmada em setembro por meio de um acordo de cooperação. Assim, o apoio logístico da Marinha do Brasil tem como propósito fomentar pesquisas científicas da UEMS nas áreas de ictiofauna, fauna, flora, recursos naturais e saúde e ampliar o conhecimento sobre o bioma Pantanal e medidas necessárias para sua preservação e produção sustentável.
Agência Marinha de Notícias