Câmara Municipal de Salvador sedia evento sobre Economia do Mar

Leia Mais

Câmara Municipal de Salvador sedia evento sobre Economia do Mar

Entidades públicas e privadas participaram do evento
04/10/2023
Primeiro-Tenente (T) Tatiane Bispo Homem
Salvador, BA

Na última terça-feira (3), a Câmara Municipal de Salvador realizou, no Plenário Cosme de Farias, no Paço Municipal, uma sessão especial para debater o tema “Economia do Mar”. A iniciativa, do Vereador Téo Senna, envolveu a participação de diversas entidades, parlamentares, empresários  e personalidades.

Organizado pela Comissão de Economia do Mar da Associação Comercial da Bahia (ECOMAR-ACB), o evento contou com a participação do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), Associação Náutica da Bahia (ANB), Yacht Clube da Bahia (YCB), Associação Bahiana de Imprensa (ABI) e da Marinha do Brasil (MB), por intermédio do Comando do 2o Distrito Naval.

O Vereador Téo Senna destacou que o evento serve para fortalecer o compromisso de proteger a Amazônia Azul e garantir um futuro sustentável para as gerações futuras. "Um evento dedicado à Amazônia Azul é crucial para promover a conscientização, o diálogo e a colaboração entre diversos setores da sociedade. É uma oportunidade única para reunir especialistas, tomadores de decisão, cientistas e a sociedade em geral, a fim de discutir a importância da preservação dos oceanos, a gestão sustentável de seus recursos e o impacto das atividades humanas sobre essa região”, declarou.

O evento faz parte de um movimento  que vem sendo executado por entidades públicas e privadas da Bahia, com a   finalidade de fortalecer a mentalidade marítima da sociedade baiana. O estado possui a maior baía do Brasil, a Baía de Todos-os-Santos, e  o maior quantitativo de municípios defrontantes ao mar, contemplando a mais extensa área costeira da Amazônia Azul, com cerca de 1.100 km de litoral.

O professor e Diretor do Instituto Histórico e Geográfico da Bahia, Joaci Goés, afirmou que somente por meio da pesquisa científica e da aplicação de tecnologias sustentáveis será possível explorar os oceanos de forma responsável, minimizando o impacto ambiental e promovendo a conservação marinha. “A tecnologia nos oferece ferramentas para monitorar ecossistemas, melhorar a gestão pesqueira e desenvolver fontes de energia renovável, contribuindo assim para um futuro mais sustentável para a Amazônia Azul e para o planeta como um todo.”

Em sua apresentação, o Comandante do 2o Distrito Naval, Vice-Almirante Antonio Carlos Cambra, destacou que a Amazônia Azul é um verdadeiro tesouro nacional e que a MB desempenha um papel fundamental na sua proteção e gestão. “Um evento dedicado à Amazônia Azul é de extrema importância, pois destaca o compromisso da Marinha e de outros atores em garantir a preservação desse patrimônio vital. É uma oportunidade única para compartilhar conhecimento, estratégias e experiências, promovendo o entendimento público sobre a relevância da Amazônia Azul e a importância das Forças Armadas na sua defesa. A participação da Marinha nesse evento demonstra seu compromisso com a segurança e a sustentabilidade dos oceanos, e reforça a colaboração necessária entre instituições para a proteção desse recurso estratégico.”

Eduardo Athayde, Diretor da Comissão Economia do Mar da Associação Comercial da Bahia e Presidente da WWI no Brasil, afirmou que, ao explorar de maneira responsável os recursos marinhos, como a pesca, o turismo costeiro e a energia renovável, a Bahia pode diversificar sua economia e criar oportunidades de emprego para as gerações futuras. “A gestão adequada da Amazônia Azul contribui para a conservação da biodiversidade marinha e a mitigação das mudanças climáticas. Esta sessão é uma chance valiosa para a Bahia definir uma visão de longo prazo para seu futuro costeiro, equilibrando crescimento econômico e preservação ambiental”.

Assista ao vídeo:

 

Galeria de fotos: 
Agência Marinha de Notícias